A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

22/02/2012 14:23

Matagal em terrenos baldios deixa região feia e causa medo perto do shopping

Paula Vitorino

Terrenos são sinônimo de sujeira e riscos à saúde e segurança

Placa faz propaganda de limpa terreno. (Fotos: Paula Vitorino)Placa faz propaganda de limpa terreno. (Fotos: Paula Vitorino)
Mato em terreno na Nortelândia ocupa calçada e serve para propaganda de outdoors. Mato em terreno na Nortelândia ocupa calçada e serve para propaganda de outdoors.

Em meio ao Shopping mais antigo de Campo Grande, comércios e casas de luxo, o mato alto de terrenos abandonados vai contra a paisagem. As áreas ainda representam riscos à segurança e saúde de quem passa pela região.

“A gente não consegue nem estacionar em frente porque o mato ta invadindo tudo. Mas também dá medo de parar longe, porque na de ir embora, à noite, a gente nunca sabe se tem alguém escondido no meio do mato”, diz a administradora Andréia Abreu, de 37 anos.

Ela trabalha em um prédio que fica no meio de dois grandes terrenos abandonados, com mato alto, no cruzamento das ruas Euclides da Cunha e Nortelândia. “Faz tempo que não vejo ninguém limpar e principalmente nessa época de chuvas o mato cresce muito”, diz.

Sem nenhuma conservação, não existe calçada nos terrenos e o mato toma conta de todo o espaço, sendo que em vários trechos não existe muro ou cerca.

O estudante Rafael Paulo Bigatan, de 22 anos, conta que mora há 10 anos no local e desde que era criança lembra que os terrenos já eram abandonados.

O vizinho de outro terreno, no cruzamento das ruas Piratininga com a Ermilita, o analista Djavan Loureiro, de 30 anos, reclama que os terrenos abandonados ainda servem de esconderijo para diversos bichos e até lixo.

“Está sempre cheio de caramujo e tem muito mosquito. Às vezes jogam até lixo aí, sofá, mas sempre tem alguém que cata ou o caminhão de lixo leva”, diz.

Abandono na esquina Piratininga. Abandono na esquina Piratininga.
Terreno atravessa o quarteirão atrás do Shopping.Terreno atravessa o quarteirão atrás do Shopping.

Quem trabalha nas residências da região também sofre com o mato. A empregada doméstica Marinalva dos Santos, de 38 anos, reclama que “vem muito sujeira dos terrenos”. Ela trabalha em uma casa que fica rodeada por terrenos abandonados.

Responsabilidade - A legislação municipal determina que a limpeza e a conservação de terrenos particulares são do proprietário.

A lei estabelece que os proprietários dos imóveis são responsáveis, ainda, pela construção de calçadas e por mantê-las em perfeito estado de conservação. Os terrenos devem ser mantidos limpos, capinados, drenados e calçados.

O proprietário que descumprir a exigência pode ser notificado, recebendo o prazo de 30 dias para regularizar a situação. Se mesmo assim o terreno não for limpo, o proprietário pode receber multa que varia de R$ 1.542 a R$ 6.170 mil.

De acordo com a Prefeitura de Campo Grande, do dia 1º de janeiro até meados de fevereiro foram notificados 2.749 proprietários de terrenos. Em 2011 foram aproximadamente 21 mil notificações.

A população pode denunciar para a Prefeitura Municipal terrenos que estejam abandonados por meio do telefone: 3314-3151.



MORO NA REGIAO DO SHOPPING É UM ABSURDO OS TERRENOS BALDIOS SEM CALÇADA E TOMADOS PELO MATO, E COMO PODEMOS AVERIGUAR ISSO OCORRE NA CIDADE INTEIRA. OS PROPRIETARIOS DEIXAM ABANDONADOS SÓ AGUARDANDO A VALORIZAÇÃO. E AS AUTORIDADES SÃO CONIVENTES POIS NAO APLICAM MULTAS. A PREFEITURA É INERTE, DEVERIA MANDAR LIMPAR E COBRAR DOS PROPRIETARIOS, QUEM MORA PERTO CONVIVE C INSETOS E INSEGURANÇA. INCOMP
 
ronaldo cesar em 23/02/2012 10:50:16
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions