A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

18/03/2013 11:55

Médico muda nome de empresa para manter R$ 3,1 milhões por ano

Aline dos Santos
Diretor do Hospital do Câncer mantinha contrato com a própria empresa. (Foto: Marcelo Victor/Arquivo)Diretor do Hospital do Câncer mantinha contrato com a própria empresa. (Foto: Marcelo Victor/Arquivo)

A ação do MPE (Ministério Público Estadual), que pede o afastamento de Adalberto Abrão Siufi do cargo de diretor-geral da Fundação Carmen Prudente, administradora do Hospital do Câncer, denuncia que o médico fez manobra para manter contrato com a empresa Neorad, do qual é proprietário, e rendia, em média, R$ 3,1 milhões por ano.

Pressionado pelo Conselho Curador, o contrato com a Saffar & Siufi Ltda (nome oficial da Neorad), que perdurava desde 2004, foi rescindido em agosto do ano passado. Contudo, em março de 2013, o Ministério Público recebeu a informação de que a sucessora no contrato foi a Siufi & Saffar Ltda.

Apesar dos nomes invertidos, as empresas tem o mesmo quadro societário. Além de Adalberto, a Siufi & Saffar pertence a Issamir Farias Saffar.

“A rescisão de um contrato e posterior elaboração de outro, com os mesmos sócios – são verdadeiro artifício empregado pelos requeridos com o fim de burlar a decisão dos membros do Conselho Curador e orientação do Ministério Público, visando manter a autocontratação”, enfatiza a promotora Paula Volpe na denúncia.

Entre 2007 e 2010, a Saffar & Siufi recebeu R$ 12,7 milhões. O detalhe é que o contrato previa o pagamento do valor estipulado pelo SUS (Sistema Único de Saúde), mais acréscimo de 70%.

Já o objeto da parceria se confunde com a própria finalidade do Hospital do Câncer: prestação de serviço médicos gerais, radioterapia e quimioterapia. Antes de 2004, a Fundação Carmem Prudente fazia pagamentos ao médico. Entre 2000 e 2003, Siufi recebeu R$ 60 mil.

Os outros dois integrantes da alta cúpula do hospital também mantêm contrato com empresa da qual são proprietários. Trata-se de Blener Zan (diretor-presidente) e Wagner Miranda (diretor-financeiro), sócios-proprietários da Elétrica Zan. Entre 2002 e 2011, a empresa recebeu R$ 26.408 do Hospital do Câncer. O MPE também quer o afastamento dos outros diretores. 

Rede– No ano passado, o MPF (Ministério Público Federal) abriu uma campanha e recorreu à Justiça para que o HU (Hospital Universitário) de Campo Grande aceitasse recursos para a radioterapia.

Conforme o MPF, os atendimentos estavam concentrados no Hospital do Câncer e na Santa Casa, que terceirizaram os serviços para a Neorad. O Hospital do Câncer convocou a imprensa para coletiva na tarde desta segunda-feira.

 

Abstenção em concurso da Câmara Municipal da Capital passa dos 30%
O domingo (17) foi de provas para milhares de campo-grandenses, tanto na manhã como no período da tarde, no concurso da Câmara Municipal, que segundo...
Com forte dores, mulher reclama de falta de atendimento em UPA
Mesmo apresentando fortes dores e inchaço na região do estômago, sem conseguir comer a três dias, uma mulher que procurou atendimento na UPA (Unidade...
Problema rotineiro, chuva causa alagamentos no bairro Cidade Morena
A chuva que atingiu Campo Grande no fim da tarde deste domingo (17) causou vários problemas à população, desde alagamentos a problemas estruturais em...


E a maçonaria não se pronuncia?
A Fundação Carmem Prudente é controlada por Maçons, assim também controlam a Maternidade Candido Mariano e a direção afastada da Santa Casa!
 
Munir Teixeira em 19/03/2013 09:16:18
A desistência daquele pecuarista em doar dinheiro ao Hospital do Cancer tem alguma relação com esse episódio ?
 
sebastiao dos reis em 19/03/2013 09:13:49
E pensar que esses facínoras se aproveitam de uma doença tão massacrante para se beneficiar, cadeia nessa cambada e desapropriação de todos os seus bens.
 
Kaio Gleizer em 19/03/2013 09:04:14
Por isso que as vezes a população se recusa em ajudar Hospitais entidades seja qual for porque sempre por tras tem um safado corrupto que aproveita situacao pra se beneficiar,, Injusto demais sera esse velho não pensa qtos doentes sofrem criancas todos poderiam ser beneficiados ele querendo dar golpe pra que ? velho ta com pé na cova ja ,, quer levar dinheiro no caixao sera? a vida é uma passagem vamos viver bem e ser justo com pessoas com nosso proximo.
 
Rosilene Leonel em 19/03/2013 08:49:55
rsrs, pra vc terezinha cunha, o que vc é dele, amante? As pessoas que estão com câncer merecia ser mais bem tratados, o hospital do câncer é horroroso, deprimente, a pessoa já debilitada num lugar desse, agora sabendo que poderia ser melhor, este médico deveria ir para cadeia sem cela especial, com a bandidagem mesmo que é o que ele é um bandido.
 
Adriana de Menezes em 19/03/2013 08:26:24
VERGONHA!!!! ESSE ADALBERTO SIUFI E O VERDADEIRO LADRÃO, DEVERIA SER EXECUTADO EM PRAÇA PUBLICA, ROUBANDO O POVO MAIS NECESSITADO DES TE ESTADO. CADEIA NESTE LADRÃO DE COLARINHO BRANCO JÁ!
 
José Silva em 19/03/2013 07:56:58
Ahhh... Eles sao tao inocentes quanto os politicos envolvidos no mensalão!
 
Simone Gregorio em 19/03/2013 07:33:03
O pecuarista Antonio Moraes tentou DOAR dinheiro ao hospital, desde que o mesmo apresentasse a prestação de contas da aplicação do dinheiro. O hospital não conseguiu receber o dinheiro. Agora está explicado. SÓ TEM MARACUTAIA. FAMÍLIA QUE TRABALHA UNIDA ENRIQUESSE MAIS.
 
fatima costa em 19/03/2013 00:01:00
Ainda não tem vergonha de ficar pedindo doações por telefone, enganando o povo que se sensibiliza com as pessoas doentes ou que ja passaram por esta doença e doam todo mes uma quantia para estes inescrupulosos. Não pensem que isto só acontece com a familia dos outros tá? Fiquei indignada com tamanha crueldade destes médicos, usar o sofrimento do outro para enriquecer. MP confisque os bens comprados com o dinheiro público e cadeia neles, não é a LEI ou a LEI só serve para os pequenos?
 
Aline Silva em 18/03/2013 22:40:10
Que vergonha, esse pessoal de veriam ir para cadeia, nao vao eles tem muito dinheiro no maximo respenderam em liberdade, que pena...
 
elvis rodrigues ferreira em 18/03/2013 22:12:40
Vergonha!!!Usa um Hospítal que , além de receber altas verbas públicas do SUS, recebe doações vultosas de pessoas físicas. Agora, as campanhas de arrecadação deste Hospital vão ficar desacreditadas.
 
MARCELLO MENDES em 18/03/2013 20:17:02
Conheço de perto o Dr. Adalberto, senhor sem educação, arrogante, estava demorando para aparecer na imprensa fatos relevantes e comprometedores a seu respeito.
 
Alberto trad em 18/03/2013 19:18:07
E depois pedem para "economizar copinhos descartaveis" na neorad, porque é muito caro! Dá licença!
 
Lara Siqueira em 18/03/2013 17:40:58
Eu não acredito que isso possa ser verdade. O Adalberto é um homem acima de qualquer suspeita.
 
terezinha Cunha em 18/03/2013 16:15:50
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions