A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 10 de Dezembro de 2018

24/09/2015 13:06

Médicos-residentes fazem protesto na Capital contra expansão de vagas

Aline dos Santos
Ato de residentes  foi realizado hoje na Santa Casa. (Foto: Fábio Sarzi)Ato de residentes foi realizado hoje na Santa Casa. (Foto: Fábio Sarzi)

Médicos-residentes fizeram paralisação de uma hora nesta quinta-feira em Campo Grande para apoiar movimento nacional contrário à expansão de vagas. O MEC (Ministério da Educação) pretende abrir 3 mil vagas em todo País até 2018, mas os profissionais querem melhorias.

“Temos que melhorar o que tem e depois pensar em abertura de novas vagas”, afirma Manoel Barbosa Cordeiro dos Santos, representante dos médicos-residentes. A paralisação de uma hora foi realizada na Santa Casa de Campo Grande, com adesão também de residentes lotados no HU (Hospital Universitário) e HR (Hospital Regional) Rosa Pedrossian.

Segundo Manoel, uma das dificuldades é que os médicos preceptores não recebem remuneração ara atuar como professor. “Queremos a valorização da residência e dos preceptores”, afirma.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions