A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 23 de Setembro de 2017

02/09/2017 16:17

Menina de 12 anos desaparece após deixar carta para mãe

Renata Volpe Haddad
Raiane, de 12 anos, desapareceu na madrugada de sexta-feira (1º). (Foto: Divulgação)Raiane, de 12 anos, desapareceu na madrugada de sexta-feira (1º). (Foto: Divulgação)

Raiane Aparecida dos Santos, 12, desapareceu durante a madrugada de sexta-feira (1º) depois de brigar com a mãe e deixar uma carta dizendo que não iria mais decepcionar a família, que mora no bairro Piratininga, em Campo Grande.

Segundo a mãe da adolescente, Ana Paula dos Santos, 34, a menina não tem namorado e nem desavença com ninguém. "Ela teve uma discussão com as colegas da escola essa semana, mas coisa de criança, nada muito sério. Eu disse para ela na quinta-feira à noite (31) que iríamos na escola resolver esse problema. Quando foi na sexta-feira pela manhã, fui até o quarto da minha filha como de costume, e ela não estava", relata.

A adolescente deixou uma carta em cima da cama, dizendo que não iria mais decepcionar a família. "Ela nunca fugiu. Nunca fui até a sorveteria sozinha. A gente não sabe de namorado, até o celular ela deixou em casa. Não levou roupa, apenas a mochila da escola. Tem algumas conversas no WhatsApp com um rapaz, mas a gente pergunta para os amigos dela e ninguém diz nada", informa.

Raiane é a mais velha de três irmãs e é órfã de pai. Ana Paula diz que a filha era quieta e boa aluna. Sobre o paradeiro, a mãe diz que ligam para casa dela dizendo que a filha foi vista no bairro Guanandi. "Já fui lá duas vezes, só que não encontrei minha filha. Estou desesperada, sem saber para quem recorrer".

No boletim de ocorrência que a mãe registrou na Depac (Delagacia de Pronto Atendimento) da vila Piratininga, as imagens de segurança do vizinho, mostram Raiane por volta de 03h18 de sexta-feira, conversando com um rapaz em uma moto. Em seguida chega uma pessoa dirigindo um Fiat Uno cor prata, a adolescente entra no carro e vai embora. A moto segue o veículo. Não foi possível ver as placas dos veículos no vídeo, conforme Ana Paula relatou à polícia.

Na escola da jovem, uma amiga disse que Raiane estava namorando um menino que já tinha estudado no local, mas não deu mais informações. A mãe pede, para que se alguém souber do paradeiro da menina, entre em contato pelos números: 3045-7729 ou 9 9323-7851.

Sindicato diz que está pronto para recorrer de decisão que proíbe paralisação
O Sinsap (Sindicato dos Servidores Estaduais da Administração Penitenciária) ainda não foi notificado da decisão que declara inconstitucional a paral...
Justiça declara ilegal paralisação dos agentes penitenciários no domingo
A Justiça declarou ilegal a paralisação dos agentes penitenciários de Mato Grosso do Sul marcada para este domingo (24). A decisão, em caráter limina...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions