A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

20/05/2016 19:58

Ministério da Saúde vai enviar 100 mil doses de Tamiflu para Campo Grande

Nyelder Rodrigues

A prefeitura de Campo Grande anunciou em nota, no fim da tarde desta sexta-feira (20), que a cidade vai receber 100 mil doses do Tamiflu, medicamento usado para combater a gripe H1N1 e que estava em falta nas unidades básicas de atendimento da Capital, dificultando o tratamento dos pacientes.

Diante das reclamações, feitas tanto por pacientes como pelos médicos, da falta do Tamiflu na rede pública de saúde, um ofício foi entregue ontem (19) pela Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública) ao Ministério da Saúde informando o problema e pedindo mais doses.

Já hoje, a pasta federal deu a resposta sobre o pedido, afirmando que ele será atendido - porém, a nota da prefeitura não informa se há previsão de chegada dos medicamentos. As 100 mil doses disponibilizadas são nas dosagens de 75 mg. Além da H1N1, o remédio também é usado em casos de H3N2 e Influenza B.

Situação corriqueira - Alguns problemas desencadeados pela escassez do medicamento foram mostradas pelo Campo Grande News recentemente. De acordo com o Sinmed-MS (Sindicato dos Médicos de Mato Grosso do Sul), o órgão recebe corriqueiramente reclamações dos profissionais sobre casos que tiveram prescrição sem que o remédio fosse fornecido.

"Nestes casos a gente entra com antibiótico para combater eventuais infecções bacterianas, mas o Tamiflu tem uma ação diferente que controla a replicação do vírus e quando administrado nas 48 primeiras horas consegue mudar a evolução da doença", explica o diretor do sindicato, o médico Renato Figueiredo.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions