A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 19 de Setembro de 2017

31/08/2017 15:40

Ministro veio debater implantação de Núcleo de Inteligência em MS

Luana Rodrigues e Anahi Gurgel
Ministro Sergio Westphalen Ethegoyen em visita a MS. (Foto: Agência Brasil)Ministro Sergio Westphalen Ethegoyen em visita a MS. (Foto: Agência Brasil)

A implantação de um Núcleo de Inteligência em Mato Grosso do Sul foi o que motivou a visita do ministro de Estado chefe do gabinete de segurança institucional, general de Exército Sergio Westphalen Ethegoyen, em Campo Grande, neste quinta-feira (31).

Conforme o ministro, Mato Grosso do Sul tem fronteiras longas, importantes e especificas, e precisa de uma atenção especial da união. "Estou percorrendo o Brasil para estabelecimento do Plano Nacional de Segurança e faltava MS, aqui está sendo trabalhada a implantação de um Núcleo de Inteligência", explicou.

Pela manhã, o ministro participou de uma reunião para integração e coordenação da segurança de fronteira e implantação do Plano Nacional de Segurança Pública, que tem o objetivo de combater a criminalidade organizada transnacional.

A reunião foi na sede da Abin (Agência Brasileira de Inteligência), juntamente com integrantes do SISBIN (Sistema Brasileira de Inteligência), que praticam ações de planejamento e execução das atividades de inteligência do País, com a finalidade de fornecer subsídios ao Presidente da República nos assuntos de interesse nacional. Os detalhes da reunião não foram divulgados.

Mais tarde, Ethegoyen se dirigiu para a casa do governador Reinaldo Azambuja (PSDB), no Jardim dos Estados, onde participou de um almoço com a presença do secretário de governo Eduardo Riedel, o secretário de Justiça e segurança pública José Carlos Barbosa, além do comandante do CMO (Comando Militar do Oeste) Carlos Braga de Avellar.

Ao Campo Grande News, Barbosa afirmou que a reunião com o ministro serviu para reforçar a que o Estado precisa do apoio da união no combate ao crime organizado na fronteira. "Hoje, o estado sozinho não consegue dar resposta as necessidades de fronteira e entendemos que a união precisa assumir o seu papel.Temos repetido que proteger a fronteira do Estado é proteger o Brasil", disse.

De acordo com o secretário, o governo está buscando verbas para implantar o Núcleo de Inteligência ainda em 2018. "Porque só com inteligência o crime organizado será combatido, senão a gente fica só prendendo mula", considerou Barbosa.

Aeroporto opera normalmente nesta manhã de terça-feira
O Aeroporto Internacional de Campo Grande opera normalmente para pousos e decolagens nesta manhã de terça-feira (19). Conforme o site da Infraero (Em...
Inscrições para curso de instrutor especializado vão até dia 18 de outubro
Continuam abertas as inscrições para o curso de instrutor especializado em Transporte Escolar na Capital. A capacitação é oferecida pelo Detran-MS (D...
Evento debate critérios para implementação da Rede Simples em MS
Para debater o sistema que facilita os processos de abertura, alteração e fechamento de empresas em Mato Grosso do Sul, gestores e técnicos de instit...



Bolsonaro Presidente!
Tolerância Zero!
 
Barbarossa em 31/08/2017 18:10:06
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions