ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, TERÇA  25    CAMPO GRANDE 23º

Capital

Moradores de bairro onde jovem foi assassinado temem pela segurança

Por Elverson Cardozo e Viviane Oliveira | 25/03/2012 12:40

O crime ocorreu na rua Barra Mansa. A vítima levou um tiro no tórax; chegou a ser socorrido, mas morreu na Santa Casa

Crime aconteceu no cruzamento da rua Barra mansa com a Juruá. (Foto: Pedro Peralta)
Crime aconteceu no cruzamento da rua Barra mansa com a Juruá. (Foto: Pedro Peralta)

Depois do assassinato de um jovem de 21 anos na noite deste sábado (24), moradores do Guanandi, em Campo Grande, bairro onde o crime aconteceu, temem ainda mais pela segurança.

Um morador que prefere não ser identificado afirmou que possui um imóvel no bairro há 30 anos, mas nunca conseguiu morar na casa por conta da violência. Chegou a alugar a residência para a irmã, que também deixou o local depois de ter sido roubada várias vezes.

A presença de usuários de drogas na região também é frequente, assim como rodas de jovens que consumem bebidas alcoólicas até altas horas da madrugada.

Sobre a vítima de ontem à noite era conhecida na região. O jovem teria envolvimento com drogas.

Outro morador, que também prefere não ser identificado, disse que é comum no bairro os jovens usarem drogas na rua. "Aqui é assim todo mundo sabe quem é e onde ficam os pontos. Não denunciamos porque temos medo e quando chamamos a Polícia os usuários fogem e no outro dia voltam para o mesmo lugar.

O clima no bairro é de total insegurança. A maioria das pessoas entrevistadas pelo Campo Grande News, não quiseram falar sobre o assunto ou disseram não ter visto o que aconteceu. “Nós precisamos urgentemente de uma Base Comunitária aqui no bairro”, finaliza um morador.

Crime - Diogo Henrique Ramos, de 21 anos, morreu após ser baleado na noite deste sábado (24), no bairro Guanandi, em Campo Grande.

O crime aconteceu por volta das 21h26 na rua Barra Mansa. Diogo levou um tiro no tórax; chegou a ser socorrido com vida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na Santa Casa, por volta das 23h.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário