A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

29/03/2011 09:50

Moradores de condomínio infestado de gatos estão em pé de guerra

Viviane Oliveira

Moradores reclamam que a noite os gatos arranham os carros

Dentro da casa de Carlos vivem sete gatos, sem contar os que estão espalhados no condomínio. (Foto: João Garrigó)Dentro da casa de Carlos vivem sete gatos, sem contar os que estão espalhados no condomínio. (Foto: João Garrigó)

Os moradores do Residencial Flamingos, em Campo Grande, travam uma guerra que divide os que gostam e os que não suportam mais a grande quantidade de gatos no local. Os moradores que protestam estão preocupados com as doenças que podem ser transmitidas por esses animais. Cerca de 50 gatos moram no condomínio. A briga já foi parar até na Justiça.

A reportagem do Campo Grande News esteve no residencial, e o que se vê são gatos espalhados para todo lado.

Segundo uma moradora, que não quis se identificar, algumas pessoas alimentam os gatos que vem da rua, e com isso o condomínio fica infestado.

Conforme a síndica Cideni Felske, o problema foi passado ao CCZ (Centro de Controle de Zoonoses), que foi até o condomínio e colocou uma arapuca para pegar-los. “Tem morador que não quer que tire os gatos, então eles retiram a armadilha”, lamentou.

A síndica conta que tem recebido diversas reclamações dos moradores. A maioria é contra a criação desses animais no condomínio, mas diz que tem uma pequena minoria que é a favor. “As pessoas reclamam que a noite os gatos arranham os carros, fora o cheiro de fezes e as doenças que esse bicho pode trazer”, disse.

Conforme ela, rações são colocadas nas calçadas das casas e com isso aumenta a população de gato e de pombos também, que são atraidos pela comida.

Gleci mostra o escorpião morto pelo gato. (Foto João Garrigó)Gleci mostra o escorpião morto pelo gato. (Foto João Garrigó)

O aposentado Carlos Anastácio Cespedez, e sua esposa Gleci Pereira, os dois de 66 anos, estão entre os que são contra o extermínio de gatos no local.

O casal cria sete animais dentro do apartamento e admite que dá comida para os felinos que estão sem dono. “Eu tenho dó de ver esses bichos passando fome, por isso que alimento”, contou Carlos.

Segundo Gleci os gatos protegem a família de animais peçonhetos. "Esses dias um dos nossos gatos matou um escorpião que entrou dentro de casa", afirma a dona-de-casa exibindo o bicho dentro de um vidro.

Carlos conta que no ano passado ganhou na Justiça o direito de ficar com os gatos. “O condomínio entrou na justiça, mas 60% dos moradores criam animais”.

Uma moradora diz, que mora há 20 anos no condominío e que sempre conviveu com esse problema. "Mas, agora está demais, cada bloco tem no minímo dois gatos", destaca.

O condomínio conta hoje com 44 blocos e 704 apartamentos.

Doenças – Algumas das doenças mais comuns, transmitidas pelos gatos são a verminoses, toxoplasmose, que são transmitidas pelas fezes e alergias de modo geral.

De acordo com o veterinário Rosalvo Silveira Júnior, os gatos também transmitem a raiva, mas há 20 anos que não tem registro desta doença na Capital.

Prefeitura e Sebrae fazem estudo em lojas para revitalizar rua 14 de Julho
A prefeitura de Campo Grande a o Sebrae de Mato Grosso do Sul estão realizando na rua 14 de Julho, Centro da cidade, um estudo técnico em 230 lojas, ...
Mau atendimento e buracos em pista atrapalham alunos em prova do Detran
O mau atendimento prestado por alguns dos examinadores e buracos presentes na pista de provas do Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato...


Tenho 4 gatos e sou apaixonada por eles, fazem parte da minha vida, as pessoas se incomodam muito com os bichanos, ao invés de se incomodarem com os bichanos, porque não fazem algo que acrescente a vida do seu próximo (uma doação de remedios, um prato de comida, uma cesta basica, um bom dia, Um Deus te ama e eu tb...) fazer o bem, faz bem a gente. Vocês não vão levar bens materiais para o céu.
 
Kátia Souza em 23/03/2012 09:46:58
senhores ao inves de reclamar, deveriam ter evitado no inicio que isso acontecesse . agora e parte do sindico solicitar a retirada de animais acho que um animal dentro da casa do morador e ate certo mas solto incomoda sim e 50 gatos e absurdo. gato faz mal a saude de mulher gravida , falo com experiencia minha mulher na gravidez teve toxoplasmose, se soubessem o que faz ao feto ninguem gostaria de
 
sergio ferraz em 12/02/2012 09:54:00
Sr. José... Inicialmente muito obrigada pelos parabéns ... Cuido bem do meu carro e dos meus animais! A respeito de animais, digo-lhe que não tenho gatos, estava a falar de gatos de rua que entram no meu condomínio atrás de comida e de baratinhas que andam pelas fossas a noite, e resolvem tirar uma sonequinha por lá! A proposito, em nenhum momento falei que somente eu estava certa! E sobre a solidão... acho que cada qual compensa a sua da forma mais adequad, uns criam gatos outros reclamam da vida ... Solidão não é somente morar sozinha, mas estar rodeado de pessoas que não lhe dão a mínima... dai muitos precisam chamar a atenção de outra forma!
 
Nathali Machado em 30/03/2011 12:28:27
Geralmente quem fala para àqueles que ajudam animais passarem a ajudar crianças, ou velhos, ou outras pessoas, são àqueles que não ajudam a nada e ninguém e só ficam reclamando da vida, enquanto os outros (ajudantes de ongs de proteção animal) ao menos escolhem algo para melhorar o Mundo! Eu ajudo e defendo a causa animal SIM e sou contra matarem os animais, e nem por isso deixo de ajudar causas humanitárias ....
O mais incrível disso tudo e que todas as pessoas que eu conheço que defendem a causa animal e ajudam nesse sentido, também ajudam asilos, hospitais, etc ... mas não ficam falando babaquices do tipo "por que ao invés de ajudar um asilo não ajudam uma Ong de proteção animal??" ... Esse tipo de pergunta é típico de quem não faz nada por ninguém!
 
Nathali Machado em 30/03/2011 12:10:34
Os gatos arranham a pintura de veículos sim, eles correm à noite fazendo bagunça e pulam em cima dos carros com as unhas pra fora, se não arranhou o da Sra. Nathali, parabens pra ela, não é porque não arranhou o dela que não arranhou de ninguém, parece que todo mundo está errado,só ela é a certa. Esse negócio de colocar comida pra gato na calçada do condomínio é um absurdo, se o gato é seu, de comida a ele dentro do seu apartamento, se bem que apartamento não é lugar pra criar gatos. Muita gente aí tenta compensar a solidão criando animais, e geram problemas aos condomínios com isso.
 
jose antonio em 30/03/2011 10:15:19
Esse povo aí prefere criar RATOS?????!!!!
Minha mãe teve que mudar de um apartamento próprio no Condomínio Monte Castelo pelo mesmo motivo.
Tivemos que ALUGAR uma casa para ela.
Gato é um ANIMAL DOMÉSTICO!
O que precisa e pode ser feito é castrá-los e vermifugá-los.
Eu mesma tenho vários gatos que nascem no telhado da minha casa, e portanto ficam ariscos, e que eu alimento junto com os meus. Não existe baratas e ratos na minha casa.
 
Ângela Maria Costa em 29/03/2011 12:58:22
Calma, pessoal! Vamos prezar pela boa vizinhanca. CCZ nao adianta nada, vao matar os pobres animais. Deveriam fazer os que gostam dos gatos arcarem com os custos da castracao dos animais e/ou atraves de trabalho voluntario d emedicos veterinarios com apoio de laboratorios farmaceuticos.
 
Juca Kilo em 29/03/2011 12:48:07
Pobres bichinhos não tem culpa de nada, e nem tem para onde escapar.
 
Jennifer Kill em 29/03/2011 12:23:35
Acredito que quem se sujeita a morar em um condominio deve no mínimo pensar na coletividade e no limite do proximo, sabemos que cães e gatos são animais domesticaveis e que cada um tem uma serventia, mas a falta de cuidado dos donos isso sim ter que ser pensado, o condominio nese caso pode até permitir os animais mas com condições estabelecidas em reuniões, exemplo: cada apartamento pode ter 1 animal de cada especie, e deverá ser castrado, a castração de animais não traz risco para a saude desses, até melhora pois a venda de filhotes fica na competencia de pessoas autorizadas para isso.
 
João Sodré em 29/03/2011 11:56:05
Tem gente que nasceu para cuidar de gente, tem a obrigação de cuidar, pois faz parte da sua vida.
E, te, gente que nasceu para cuidar dos bichos. O que seria dos bichos se não existissem essas pessoas para cuidar deles?
Então, é melhor para todos, prevalecer a harmonia.
 
Carlos Eduardo em 29/03/2011 11:37:22
so quem mora aqui e que sabe, a quantidade de gatos
que tem espalhado pelo condominio, o meu carro ja tem varios arranhoes,
meu esposo todos os dias antes de sair de moto, tem quer pegar um pano e ir limpar
a moto, pois dormem em cima da moto. eu particularmente detesto, portanto
nao concordo, em ter gatos solto no condominio, quem quizer cria dentro do apartamento,
pois nao somos obrigado a comviver com animais que nao queremos.
 
angela borges em 29/03/2011 11:28:37
Eu moro em Sao paulo...e ja morei nesse comdominio....sempre teve....gatos e outros animais...acho que tem coisas mais importante..para se preocupar..do que gatos por exemplo..a segurança...ai entre quem quer...e a hora que bem quer e nimguem fala nada....os gatos tem direito a vida.....
 
Ezequiel Santo dias em 29/03/2011 11:19:37
Hoje não se respeita mais nada. Se no condomínio é proibido, todos devem se sujeitar a determinação. Como esperar harmonia em um local quando eu quero que os outros cumpram a Lei, porem eu burlo? Quando existe gente descompromissada com tudo acontece isso. Sem falar que um apartamento com mais de um gato, se torna fétido e desagradável, sendo que somente o dono não percebe.
 
valter antunes em 29/03/2011 11:08:08
Ao Sr. Paulo Deoclecio, eu digo que é mais facil você dar com a cara num poste ou cair num buraco ou entrar em baixo de um caminhão do que um gato arranhar seu carro. O Senhor deveria ler a biblia e a lei e ver suas obrigações perante Deus de protejer os animais. "Voce não pode estar em lugar algum, que onde voce estiver estara no lugar erradö". Gostaria de ver o senhor e outros numa jaula sem comer e beber água, certamente não precisaria eutanasia. Cuidado com a lei, pois todas as acusações ofensivas podem e devem ser levadas a juizo, para esclarecimentos!!!!!
 
Lesley Soares Bueno em 29/03/2011 10:54:49
Se esta senhora tem este tipo de aseio com a casa dela, imagine com ela própria, adoro animais, mas para isto e necessária uma casa com no minimo um quintalzinho para os bichos brincaram, fazerem suas necessidades fisiológicas e seguirem o curso da natureza, como soltar pelos, procriarem, dentre outros, agora imegine tudo isto feito dentro do apartamento, que pelo visto não é tão amplo e espaçoso assim, e alguem ja questionou a esta senhora como ficam os vizinhos?
O direito dela termina onde começa o do próximno, ista chama se estado democrático de direito!!!
 
Gustavo Cesar em 29/03/2011 10:52:19
Sugiro a todos os moradores do residencial que se sentirem prejudicados como eu, enviarem um e-mail de reclamação ao órgão competente. ccz@sesau.capital.ms.gov.br. NÃO FIQUEM SÓ RECLAMANDO DA VIDA. VAMOS AGIR!!!! JUNTOS TEREMOS MUITA FORÇA.
 
Paulo Deoclécio em 29/03/2011 10:36:18
Segundo a reportagem, a maioria é pelo extermínio e só uma minoria é contra....Então, essa conta não fecha, porque se 60% dos moradores criam animais, com certeza NÃO SÃO A FAVOR de extermínio de animais, qualquer que seja. Então, gostaria de ter acesso à essa pesquisa feita entre os moradores. Aliás, esse resultado tem que ser afixado em todos os blocos, não é mesmo? O condominio tem problemas muito mais graves para solucionar do que ficar correndo atrás dos gatos e cachorros que não fazem mal a ninguém!!!
 
cida guerra em 29/03/2011 10:24:52
Este senhor Carlos Anastácio Cespedez é um inresponsável e inconsequente, é ele que vive colocando ração para estes animais na garagem dos outros, o que ele deveria fazer é se mudar para uma chacara e criar estes animais por la sem causar danos aos outros. moro neste condominio e meu carro esta todo arranhado por estes mesmos animais. Ele o senhor defensor dos gatos Carlos Anastácio Cespedez vai pagar a pintura do meu carro. E as crianças que estes gatos arranham? Cadê a responsabilização por danos que este condominio exerce?
UM ABSURDO!!!
 
Paulo Deoclécio em 29/03/2011 10:06:47
Quem quer ciar animais que vá morar em residência. É até desconfortável para o animal morar em um apartamento.
 
Paulo Santos em 29/03/2011 05:33:56
Gato não tem dono, ele gosta é da casa, gato não tem cercado que dé jeito,anda por cima das casas encomoda na hora do namoro, invade cozinha, mata passarinhos de estimação,e riscam carros e motos, sei que eles não tem culpa então vamos fazer leis e responsabilizar os criadores.
 
Carlos Arruda em 29/03/2011 05:11:16
Tenho certeza que niguem é obrigado a conviver com animais, quem gosta tem que criar dentro de suas casas, comer com eles, dormir com eles, as autoridades tem que criar leis normatizando esses criadouros dentro da cidade, pois ninguem é obrigado a aguentar loucura e manias dos outros.


 
Carlos Arruda em 29/03/2011 05:00:48
Acho muito engraçado esse argumento de que os animais riscam o carro, vários gatos dormem no meu e nunca foi arranhado, isso porque a pintura é escura hem ...
No meu condomínio tem a mesma pendenga, vivem reclamando de gato, e são sempre as mesmas pessoas. O mais ilógico disso tudo é que as pessoas que reclamam não cumprem outras determinações do regimento interno, e depois querem ser ouvidas em suas reclamações! Ahhh me poupe
Acho que se essas mesmas pessoas que ficam reclamando ajudassem uma ONG que cuida de animais, existiriam menos felinos e caninos abandonados e menos incômodo!
Fica a dica, ao invés de reclamar, AJUDE!
O Mundo todo agradece
 
Nathali Machado em 29/03/2011 04:53:44
Esses criadores de animais tem que morar em chacara ou fazenda , pois ninguem é obrigado a aguentar manias dos outros, não sou contra quem cria animais, desde que não encomode outras pessoas, agora não basta termos que aguentar bandidos por causa dos DIREITOS HUMANOS, temos que aguentar caprichos de desocupados e pior, com tanta criança passando fome.
 
Carlos Arruda em 29/03/2011 04:53:26
Calma... eu tenho um veneninhoo que acaba com esse problema rapidinho !
 
suelem Guarienti de Mattos em 29/03/2011 04:38:31
Atenção : eu tinha sete gatos em casa era cama ração lavava as cobertinhas deles enfim eles faziam as necesidades no quintal . ate que um belo dia começei com uma tosse
ate entao nao levava em consideração. Fui fazer os exames os pelos dos gatos foram para os meus Pulmoes ja gastei muito com remedios exames e ta dificil . isso não é brincadeira achamos que a desgraça nunca vai bater na portar .
 
Ana maria em 29/03/2011 04:28:35
Realmente os gatos danificam muito nossos bens a noite, precisamos de uma solução nessa baixaria!!!!
 
Wellington Grourks em 29/03/2011 04:19:57
Estive olhando os comentários e achei um absurdo o que falam dos animais. Eu moro em apartamento, tenho dois gatos, um cachorro e um peixe e jamais alguem disse que o apartamento é fétido ou qualquer outro pejorativo. Na verdade, o que se precisa é educar os bichinhos e limpar a casa. Te-los em casa é possivel sim, até porque reza a convenção de cada edificio ter animais de pequeno e médio porte. Sobre alimenta-los fora de casa, eu tb ja fiz isso, pois vivo levando ração onde trabalho para cuidar de gatos de rua e não acho que isso seja crime ou inconveniente. Ruim mesmo é não ter educação com as pessoas, ser deselegante no trânsito ou com idosos e discriminação. E para esses defeitos ninguem diz nada. Simplesmente aceitam, quando não os praticam.
Para os que se sentem incomodados, deveriam procurar uma casa onde ninguem mais tivesse acesso, a não ser os proprios donos. Se voce convive em prédio de apartamentos, vai ter que sujeitar-se pois, como o nome diz, é um condomínio e como tal, lugar de todos.

 
Lara Cardoso em 29/03/2011 04:09:13
Concordo que os animais devam ter um lugar para eles, dentro de casa não é o ideal. A coletividade nesse caso deve ser respeitada, mas fico pensando nesse problema, em especial desse condomínio......alguém já pensou em por veneno? pode ser uma ótima ideal para o problema em questão.
 
Antonio Carlos em 29/03/2011 04:01:19
Meu apartamento também não tem ratos nem baratas...mas para isso não preciso criar gatos, basta apenas um pouco de higiene.
 
Rejane Monteiro em 29/03/2011 03:44:14
Em apto não é lugar de criar bicho,estes animais é para as pessoas solitarias.Gato é o ser mais nojento que conheço.O sr adriano não deve ter carro,pq alega que o bichano não risca,aonde tenho uma camionete preta que o dono da garagem onde estaciono teve que pagar um polimento cristalizado pra tirar os riscos.Cho gataiada,vai pro meio do mato comer pombos.A hora que estes bichanos fizer as necessidades em cima dos seus colchões ai eu quero ver,quando entra nestes aptos que tem gatos,aff que mal cheiro ,como fedi.
 
alesandro pereira dos santos em 29/03/2011 03:30:00
caro sr. Paulo deoclecio, a pintura do seu carro deve ser de 4º categoria para ser arranhada por um gato.... o sr. prefere conviver com os marginais e traficantes que infestam o condomino do que com gatos??? por que até agora não vi ninguem reclamar dos traficantes, pois esses sim ameaçam não só a nossa saúde, como a nossa segurança inclusive a do Sr e atualmente infestam em grande quantidade o condominio,podendo inclusive levar o seu carro em vez de somente arranhar.
 
ana rosa em 29/03/2011 03:26:30
Eu, acho que a Sindíca e os condôminos estão certos de exigir, capricho e higiêne, não é uma minoria que tem que emporcalhar o condôminio, lá existem crianças e idosos, além de não ter socessego com a gataiada, cheiros etc... podem causar doenças de pele, fora que no cio das gatas é insuportável o barulho. Lugar de bicho não é dentro de apartamento, quer ter bicho tenha solto, se tem bicho peçonhento em casa, detetize, tenha menos gatos e deixe a sua casa limpa. assim não se criam escorpiões e etc...
 
FRANCIELLI MORETTI em 29/03/2011 02:53:31
Li todos os comentários e acredito que há solução para o problema. Não cabe a nós questionar quantos gatos vivem na residência da senhora da reportagem e muito menos o aseio dela, a questão pelo que parece é que sempre houve gatos lá e somente agora é que querem exterminar. Porque não entram em acordo e vejam com o CCZ a castração de todos para o controle e até onde eu sei, até pq tenho 5 gatos, 2 que eu peguei e criei, um que salvei da morte e todos castrados pelo CCZ que fizeram uma excelente castração, nenhum deles arranhou o meu carro. No CCZ eles podem fazer exames e verificar os que estão doentes. Isso porque são gatos se fossem cachorros acredito que não haveria tanta alarde.
 
Andre Aranda em 29/03/2011 02:46:45
Faço das minhas a fala do Sr. João - Acredito que quem se sujeita a morar em um condomínio deve no mínimo pensar na coletividade e no limite do próximo. Sabemos que cães e gatos são animais domesticáveis e que cada um tem sua serventia, mas a falta de cuidado dos donos isso sim ter que ser pensado. O condomínio neste caso pode até permitir os animais, mas com condições estabelecidas em reuniões, exemplo: cada apartamento pode ter (x) animais e quem sabe pensar em castração, pois a mesma não traz risco para a saúde desses, até melhora! Penso que assim possa minimizar os problemas e o condomínio viver em harmonia...Agora é hora de pensar em soluções, já que saiu na mídia. Este meio de comunicação tb serve pra isso...Não adianta ficar atacando um ao outro, isso não leva a nada!
 
Silvia Barbosa em 29/03/2011 02:39:18
Caro Paulo Deoclécio, ja ouviu falar na frase "os incomodados que se retirem"? pois é acredito que se aplica a vossa senhoria. Crio gatos a muitos anos e posso dizer que nunca tive nenhum dos meus carros arranhados. E que força teria um gato para arranhar um carro a ponto de danificá-lo? É onça ou gato? Me poupe de tanta ignorância! Faça um favor a si mesmo, compre um animal doméstico, seja ele qual for, para então aprender que animais como estes não causam danos algum a vida do ser humano, muito pelo contrário, trazem harmonia. Quanto aos animais que vivem fora dos apartamentos, sugiro que chamem o CCZ novamente e entrem em um acordo mutuo com todos os condôminos para retirarem os mesmos. O CCZ irá tratar dos animais e procurar por pessoas que queiram adotar os bixanos.
 
Adriano Azevedo em 29/03/2011 01:51:02
Graças a uma gata de estimação, minha filha evitou de ser picada por uma lacraia que estava escondida dentro da sala. Os gatos são curiosos e predadores por natureza. Hoje tenho quatro gatos. Na minha casa não há baratas, nem ratos e muito menos bichos peçonhentos.
 
Jane Oliveira em 29/03/2011 01:27:32
Para os defensores dos animais sem dono, como é o caso do sr. Carlos, sugiro que se engage na causa, existe uma entidade, o Abrigo dos Bichos, procure-a e seja um voluntario, trabalhando no lugar adequado e sem trazer transtornos a terceiros. Não sou moradora do condomínio em questão, mas aí vai a dica.
 
Terezinha Cabral em 29/03/2011 01:20:34
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions