ACOMPANHE-NOS    
MARÇO, QUINTA  04    CAMPO GRANDE 24º

Capital

Moradores dizem ter medo de sair de casa após homem atacar pai com bebê

Vizinho afirma ouvir gritos de autor desconhecido várias vezes, vindos da casa onde ele mora

Por Marcos Rivany e Aletheya Alves | 27/01/2021 17:34
Rua onde ataque a ciclista com filho aconteceu, no Jardim Seminário. (Foto: Paulo Francis)
Rua onde ataque a ciclista com filho aconteceu, no Jardim Seminário. (Foto: Paulo Francis)

O sentimento dos moradores da rua Rua Sabará, no Jardim Seminário, onde pai com bebê de apenas um ano foi atacado por homem, é de medo. O fato é que agora vizinhos não querem nem sair de casa com receio de novo ataque, já que por muitas vezes gritos do autor, vindo da casa onde ele mora, foram ouvidos.

Benedito Pereira, de 68 anos, é aposentado e um dos moradores do bairro onde houve o ataque. Segundo ele, o medo em relação às crianças é maior. “Agora todo mundo fica preocupado, porque a gente sempre senta aqui na frente de casa e com as crianças, então temos medo de acontecer alguma coisa”, declarou.

O autor do empurrão que levou o pai, Gustavo Rocha Figueiredo, e a filha de 1 ano de idade ao chão, mora há pouco tempo no Jardim Seminário. Outro morador, de 32 anos, que preferiu não se identificar por segurança, afirmou que não viu nada como o ataque que aconteceu na última quinta-feira (21).

“Não sabe nome e nada dele. Vira e mexe escutamos gritos dentro da casa dele. Não vimos nada antes parecido acontecer. Não sabemos se ele tem alguma doença mental ou se é dependente químico”, relatou o morador.

A avó da menina e mãe de Gustavo, Lucimeire Soares Rocha Figueiredo, 47 anos, é moradora do bairro há 30 anos e conta que depois do ataque o medo é constante. “Além de ser mãe, eu sou avó. Então a gente fica realmente com medo e assustado. Todo mundo está assustado de verdade, com medo de sair de casa e ser ameaçado”, afirmou.

Caso - Gustavo Rocha e a bebê de 1 ano foram empurrados ‘do nada’ na tarde da quinta-feira passada. Uma câmera de segurança flagrou o ataque. Pela imagens, é possível ver quando o autor chuta a bicicleta e pai e filha vão caem no chão com a bicicleta por cima. Gustavo teve ferimentos nas costas. A pequena teve escoriações no braço.

“Ela chorou muito na hora e eu não consegui reagir só tentei acalmá-la. Tem mais de 30 anos que meus pais moram ali nunca tivemos problema com ninguém”, contou Gustavo ao Campo Grande News nesta quarta-feira (27).

Veja o vídeo do momento do ataque:


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário