A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

11/03/2013 18:01

Moradores e comerciantes reclamam de obra parada na Júlio de Castilho

Mariana Lopes
Trecho da Julio de Castilho mostra obra inacabada (Fotos: Marcos Ermínio)Trecho da Julio de Castilho mostra obra inacabada (Fotos: Marcos Ermínio)
No canteiro só restam as mangueiras para a iluminação pública, mas nada dos postes (Foto: Marcos Ermínio)No canteiro só restam as mangueiras para a iluminação pública, mas nada dos postes (Foto: Marcos Ermínio)

Calçadas quebradas, canteiros feitos pela metade e sem postes de iluminação e aproximadamente um quilômetro de asfalto sem recapeamento. Com este cenário, a obra inacabada da avenida Julio de Castilho gera reclamação e preocupa moradores e comerciantes da região.

Do terminal Julio de Castilho até o cruzamento com a rua São Luiz, trecho com cerca de um quilômetro de extensão, as calçadas estão todas quebradas. Este também é o único pedaço da avenida que não foi recapeado.

O corretor de imóveis Jefferson Benício Ribeiro, 28 anos, conta que há 40 dias um caminhão da Prefeitura passou pela região com o serviço de tapa buracos, mas por causa da chuva que deixou o asfalto todo esburacado.

Na porta da farmácia de Adilson Bispo de Oliveira, 42 anos, no sentido bairro/centro, existe uma linha que marca o fim do trecho recapeado e o início do asfalto "velho".

Para o comerciante, a pergunta que não quer calar é o motivo de apenas este pedaço ter ficado fora do pacote de obras. “Recurso para fazer tudo, com certeza teve, mas porque não foi feito o recapeamento completo?”, questiona. Ele afirma que as obras pararam em dezembro e, sem continuidade, até a sinalização foi prejudicada.

Próximo à rua São Luiz, calçadas do comércio estão todas quebradas (Foto: Marcos Ermínio)Próximo à rua São Luiz, calçadas do comércio estão todas quebradas (Foto: Marcos Ermínio)

Na mesma quadra da farmácia de Adilson, o comerciante Cleber Valério da Silva, 39 anos, tem uma loja onde a avenida já foi recapeada. Na esquina da Julio de Castilho com a rua Capibaribe, o canteiro central não acompanha a extensão da avenida e moradores se queixam da retirada da rotatória.

“Esse canteiro está gerando problemas por falta de sinalização",denuncia Cleber. Há 15 anos no local, ele conta que nunca viu tanto acidente. O comerciante também apontou a falta de iluminação pública. “Tiraram os postos e até agora não colocaram de volta, só tem as magueiras para a fiação”, destaca.

Antes, toda vez que chovia, a água não tinha para aonde escoar e ficava empoçada na avenida. Para amenizar o problema, a Prefeitura mandou quebrar uma parte do canteiro e fez uma canaleta. A abertura permitiu aos motociclistas encurtar o caminho.

 

Motociclistas encurtam caminho pela abertura feita no canteiro da julio de Castilho com a Capibaribe (Foto: Marcos Ermínio)Motociclistas encurtam caminho pela abertura feita no canteiro da julio de Castilho com a Capibaribe (Foto: Marcos Ermínio)

Próximo à rua São Luiz, onde o recapeamento não chegou, a reclamação ganha ainda mais peso, pois é o trecho onde as calçadas foram quebradas em dezembro.

Para o cabeleireiro João Nascimento, 63 anos, a situação vai além da vitrine da rua. “É uma questão de segurança, oferece risco aos pedestres, principalmente crianças e idosos”, pontua. 

“Atrapalha o comércio, está feio e deixa de atrair cliente, seria melhor se tivesse deixado como estava”, comenta o cabeleireiro, sobre a atual situação de abandono da avenida. No entanto, para ele, a continuidade e o término da obra, agora, é mais vantajosos.

O corretor de imóveis Jefferson Benício Ribeiro, 28 anos, conta que há 40 dias um caminhão da Prefeitura passou pela região com o serviço de tapa buracos, mas por causa de uma chuva que deixou o asfalto todo esburacado.

“Sem contar que também foi tudo feito de qualquer jeito, poderia ter sido mais caprichado, como nas outras avenidas, ter ciclovia”, sugere o corretor.

Em fevereiro, o secretário de Infraestrutura, Transporte e Habitação da Capital, Semy Ferraz, afirmou que as obras na avenida Julio de Castilho serão retomadas no dia 15 deste mês. Ele prevê a conclusão em seis meses.



Culpa é do antigo prefeito Nelson Trad que prometeu entregar a obra antes do término de seu mandato.
 
moacir torres em 12/03/2013 11:24:31
Concordo com a maioria das postagens dos colegas, nunca vi uma obra tão mal planejada. Tirar a rotatória da Capibaribe com a Julio e forçar o desvio foi inacreditável. E a manobra dos ônibus que saem da garagem no Ana Maria do Couto e tem que entrar naquela rua estreita? E o tumulto em frente ao posto de saúde com carros parados dos dois lados e os carros e ônibus tendo que se revesarem no pequeno espaço que sobra da rua?
E a quantidade de semáforos ao longo da avenida?
Como alguém já mencionou aí, é mesmo verdade, conseguiram piorar o que já não era tão bom...
Como diria Boris: É uma vergonha!
 
Simone Aparecida de Carvalho em 12/03/2013 09:42:50
Não interessa Rafael, casou com a viúva tem que assumir os filhos. Se tem irregularidades e se foi pago adiantado a justiça tá ai para ser acionada. Não tem essa não ele é advogado e sabe disso. A função do prefeito e trabalhar, trabalhar, trabalhar e trabalhar, quatro anos passa rápido demais.
 
Carlos Marques em 12/03/2013 08:54:12
Sem nenhuma duvida essa foi a pior obra que ja vi em Campo Grande, moro nessa região e quando foram realizar a reforma todos gostaram, mas depois de ano ja sem acabar e sem nenhuma sinalizacao ficou pior, motorista para no meio da rua para realizar uma conversao para outra via, outro estaciona travando o transito esta horrivel, ate agora nao entendi o por que dessa obra, ja que se fosse para piorar que nao realize nada.
 
luis otavio em 12/03/2013 08:14:49
Mas o Bernal está reformando... o novo apartamento dele!!!!!
 
Arley Rosa em 12/03/2013 08:07:59
O Rafael deve saber bem quem é o autor dessa obra; que também foi paga antes de terminar e por quem? Será que os responsáveis por essa firma conhece do serviço? Existe uj contrato assinado com a administração anterior e não pode ser mudado, porque usou dinheiro público para fazer. Anter de criticar ou chorar o leite derramado, conheça do que está falando.
 
luiz alves em 12/03/2013 07:23:12
Agora culpam o Bernal. Até parece que o ex-prefeito não sabia que acabaria o mandato dele. Pq não planejou a obra para acabar a tempo de seu mandato??? Está certo o Bernal de rever todos esses contratos, com certeza irá achar um monte de licitação super faturada... exemplos são essas obras com asfalto de um centimetro que qdo chover se acaba... enchentes qdo chove... e a população acha tudo bonitinho... santa ignorancia...o povo sem noção... achar o ex-prefeito fez grande coisa...
 
Mário Márcio Schueller de Almeida em 12/03/2013 06:56:45
Se falarmos apenas do asfalto ja seria terrivel.... tem mais a sinalização que não recolocaram, buraqueira, os motoristas fazem retorno em qualquer local, poeira e ai vai.... realmente um descaso conosco que pagamos nossos impostos em dia e cumprimos nossas obrigações.... e a Prefeitura não tem MULTA quando não cumpre seus prazos?
 
Selma Fernandes em 12/03/2013 04:39:08
A Júlio de Castilho esta isolada, é preciso fazer um desvio perigoso para pegar a Júlio novamente quem vem do bairro para o centro na esquina da Capibaribe, isso é piada, "curpado" é a Engenharia....
 
aparecido bonfim em 12/03/2013 01:45:48
Bernal entrou e a obra parou, e a licitação de conclusão ??? e o contrato que a população está pagando através dos IMPOSTOS ?? cobrar o IPTU ele cobra, mas terminar uma obra que já deram inicío jamais!! Isso é gasto de dinheiro meu..... A população merece o prefeito que tem, o duro que todos pagamos o pato né!!! Valeu para vcs que votaram no GRANDE BERNAL!!!!! Meu muito obrigado.
 
Rafael Dias em 12/03/2013 00:21:24
Eu acho, que essa avenida deveria ter ficado como estava,mudou para pior,mas teve um ponto positivo a retirada da rotatória perto comper.
 
ELZA ALCANTARA em 11/03/2013 23:25:05
É uma vergonha essa obra mal acabada da Avenida Julio de Castilho, e foi uma
burrice enorme tirarem aquela rotatória do final da avenida com a Rua Capiberibe
dará muitos acidentes naquele contorno porque os motoristas tem que fazerem a
conversão na Rua Capiberibe, e os outros veículos que vem na outra pista ficam
encurralados, acidentes ocorreram e muitos. Colocaram uma viela na Rua Poxoreu
esquina com a Avenida Julio de Castilho que é uma vergonha não cabe nem motos.
 
Ramona Pereira em 11/03/2013 22:32:53
Bem, se ele largar o facebook, ir trabalhar, arrumar secretarios, fizer licitacoes, em 2 anos ele consegue...
 
francisco guimaraes em 11/03/2013 22:13:34
O Bernal nem está dormindo, tão preocupado com vocês.
 
Aline Paixão em 11/03/2013 22:12:38
E o Bernal?
 
Pedro Silva em 11/03/2013 22:00:10
Não é só a Julio de Castilho, a cidade toda está parada! O prefeito tá resolvendo uns probleminhas pessoais, mas assim que sair do facebook, ele vai começar a trabalhar e resolver os probleminhas da cidade... A gente espera!
 
nilza flores da rocha caruso em 11/03/2013 21:18:50
bernal?? quem é bernal?..
 
manoel ramires em 11/03/2013 20:07:06
essa obra esta errada desde que comecou isso e uma vergonha,sem contar os acidente que ja aconteceram por falta de sinalizacao....
 
maira sardinha em 11/03/2013 19:06:21
Não sei quem foi o inteligente que trancou a ROTATORIA, da av. Julio de Castilho com Capibaribe, pra que não seiiiiiiiiiiiii. Ficou horrivel fazer o retorno e pegar novamente a julio de castilho. Tem que REVER OS CONCEITOS, SE NAO HAVERÁ MUITOS ACIDENTES.
 
LUIS CACERES LOPES em 11/03/2013 19:00:30
Calma pessoal!!! o Bernal já vai arrumar, não tem nem dois anos que ele começou....
 
Rafael Pereira em 11/03/2013 18:22:06
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions