A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

09/04/2014 10:30

Moradores se revoltam com a buraqueira em várias ruas de bairro

Filipe Prado
Várias erosões se formaram na rua, por conta da enxurrada que passa pelo local (Foto: Marcelo Victor)Várias erosões se formaram na rua, por conta da enxurrada que passa pelo local (Foto: Marcelo Victor)

Com erosões espalhadas por rua sem asfalto, moradores do Jardim Panorama estão revoltados com a situação do bairro. Eles afirmaram que há oito anos o bairro começou a ser asfaltado, porém até hoje não terminaram e os buracos causam transtornos.

“Já está muito desconfortável”, disse o estudante Marcelo de Jesus Rojas, 25 anos. Ele contou que a situação é a mesma desde que ele nasceu. “Toda vez que chove aqui fica intransitável. Construíram uma espécie de barragem para conter a enxurrada que desce aqui”, explicou.

Os moradores acabam jogando entulho dentro dos buracos espalhados pela rua, para tentar “nivelar a rua”, contou o estudante.

Mesmo quem ainda não mora no bairro, percebe a situação, como o auxiliar de carpinteiro, Lucas Aranda, 21, que se mudou recentemente para a região. “É muito ruim. São muitos buracos espalhados pela rua. Quem mora aqui há mais tempo, desvia por outras ruas”, relatou.

Para quem anda a pé, a falta de asfalto também é prejudicial. “Minha mãe já caiu aqui. Não foi nada grave, mas poderia ter sido pior”, contou o agricultor Cícero Leite da Silva, 58. Ele ainda afirmou que a prefeitura acha que o bairro não tem problemas. “Diz na prefeitura aqui já é asfaltado”, queixa-se.

“Eu tenho esperança que este novo prefeito faça alguma coisa, pois se não fizer, vai cair também”, completou o agricultor, mesmo não acreditando na política do estado. “Sempre é assim, sai puta e entra rapariga”, brincou.

A aposentada Antonia Tomaz, 63, sempre que precisa sair de casa precisa passar pelas ruas sem asfalto, o que a deixa insegura. “É difícil. Tenho medo de cair, além de machucar todo o meu pé, por conta do cascalho”, explicou.

O Campo Grande News entrou em contato com o secretário do Seintrha (Secretaria Municipal Infraestrutura, Transporte e Habitação), Semy Ferraz, mas as ligações não foram atendidas.

Cícero disse que há oito anos começaram a asfalta, mas nunca terminaram (Foto: Marcelo Victor)Cícero disse que há oito anos começaram a asfalta, mas nunca terminaram (Foto: Marcelo Victor)
Antônia revelou que se sente insegura andando pelas ruas do bairro (Foto: Marcelo Victor)Antônia revelou que se sente insegura andando pelas ruas do bairro (Foto: Marcelo Victor)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions