ACOMPANHE-NOS    
ABRIL, QUINTA  09    CAMPO GRANDE 20º

Capital

Moradores usam cordas para resgatar motoristas 'ilhados' em cruzamento

Por Adriano Fernandes | 20/02/2020 19:40
Corda foi amarrada em poste e levada até os ocupantes do veículo. (Foto: Direto das Ruas)
Corda foi amarrada em poste e levada até os ocupantes do veículo. (Foto: Direto das Ruas)

Vídeo encaminhado ao Campo Grande News, mostra o resgate dos condutores que ficaram “ilhados”, dentro dos seus próprios veículos no cruzamento das ruas Veridiana e Tenente Tenesse, no Bairro Mata do Segredo em Campo Grande.

O local foi outro ponto onde o córrego Segredo transbordou, durante o temporal desta tarde. Pelas imagens, é possível notar um grupo de 7 pessoas em uma chácara ao lado do cruzamento. Eles conseguiram resgatar o condutor de um Palio que estava no meio da enchente após lançar uma corda para ele.

O mesmo foi feito durante o resgate dos ocupantes de uma Blazer que estava um pouco mais a frente no cruzamento. Dois homens amarraram uma corda em um poste e levaram até o veículo onde estavam mais duas vítimas.

Confira o vídeo do resgate:

Rachid NederA rotatória da Rachid Neder com a Avenida Ernesto Geisel, em Campo Grande, também ficou debaixo d’água com a chuva da tarde desta quinta-feira (20), o que assustou muitos motoristas.

O auxiliar técnico Wellington Botelho, perdeu a moto na enxurrada. “Era por volta de 16h50, a água estava mais de 1 metro, eu soltei ela (moto), mas não cheguei a me machucar”, conta.

Já o veículo do autônomo Divanildo Pedruci, de 42 anos, estragou bem no meio do alagamento. “Meu carro desligou bem ali, a enxurrada veio de repente e ele não ligou mais. Eu comecei a pedir socorro, mas ninguém ajudava até que dois meninos conseguiram me ajudar”, diz.

Moto estragou no meio da rotatória. (Foto: Kisie Ainoã)
Moto estragou no meio da rotatória. (Foto: Kisie Ainoã)
Congestionamento de veículos na rotatória depois que a água baixou. (Foto: Kisie Ainoã)
Congestionamento de veículos na rotatória depois que a água baixou. (Foto: Kisie Ainoã)

Brigadista de um condomínio ao lado da rotatória, Erica Duarte de Moraes, de 35 anos, reforça que os alagamentos são recorrentes em dia de chuva. “Aqui é essa situação sempre, chove muito forte e acontece isso. Mas graças a Deus nós somos brigadistas e não aconteceu nada pior. O córrego transbordou, entrou no condomínio, foi até o corrimão, mas nós conseguimos controlar”, detalha.

Segundo as testemunhas, a água subiu rapidamente, impedindo completamente a passagem de veículos por cerca de 1 hora. “A situação ficou crítica em questão de segundos. Foi muito rápido. O córrego transbordou. Por pouco aqueles carros não caíram dentro do córrego. Lixeira, placa, tudo rodou. Três motoqueiros caíram na rua, mas conseguimos segurar”, conclui o gerente comercial Juliano Avalos, de 31 anos.

Rotatória foi engolida pela água na Rachid Neder. (Foto: Direto das Ruas)
Rotatória foi engolida pela água na Rachid Neder. (Foto: Direto das Ruas)