A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

18/07/2011 14:33

Morte de jovem no Anel Rodoviário foi consequência de assalto planejado

Angela Kempfer
O corpo do rapaz foi encontrado na manhã de ontem no meio de rua não pavimentada. (Foto: Simão Nogueira)O corpo do rapaz foi encontrado na manhã de ontem no meio de rua não pavimentada. (Foto: Simão Nogueira)

Após 3 horas de depoimento, reviravolta na investigação sobre assassinado do jovem Thiago Marques Rosa, de 26 anos, na noite de sábado em Campo Grande. Duas adolescentes, de 14 e 15 anos, que haviam confessado o crime mudaram a versão e a Polícia agora busca um garoto de 17 anos, que teria planejado roubo ao rapaz.

Uma das meninas conhecia Thiago, que teria dito a ela que estava com 800 reais no bolso.

O valor chamou a atenção do garoto, que convidou as duas adolescentes para executar o assalto, acredita a Polícia.

Durante o depoimento das meninas no fim da manhã de hoje, várias ligações foram feitas ao celular de uma delas, provavelmente do adolescente. Questionada a respeito, a adolescente informou que era de um amigo do bairro onde mora.

A Polícia ainda não deu detalhes sobre o crime, mas neste momento busca o terceiro envolvido no caso. Três viaturas deixaram há pouco a 5 Delegacia de Polícia, no bairro Piratininga.

Uma das garotas seguiu com a mãe para a Deaij (Delegacia Especializada de Atendimento à Infância e Juventude). O destino da segunda adolescente também não foi divulgado.

As duas chegaram por volta das 11 horas à delegacia, ao lado das mães. Durante toda a conversa com o delegado, Fernando Nogueira, a imprensa ficou do lado de fora, mas era possível ouvir muitos gritos, principalmente, das mães das garotas pedindo para que as duas contassem a verdade.

O corpo do rapaz foi encontrado na manhã de ontem no meio de rua não pavimentada, nas proximidades do anel rodoviário, na saída para São Paulo, em Campo Grande. Thiago foi morto com com 4 tiros, um na testa.

O rapaz morava no bairro Maria Aparecida Pedrossian e no sábado havia saido para ir a uma festa com o primo, mas encontrou as garotas na feira no Jardim das Meninas.



Não teria acontecido se tivesse o "toque de recolher" para toda criança menor que 18 anos depois das 22 horas da noite. Lugar de criança é na escola e depois das 22 horas é dentro de casa junto com seus pais. Uma fatalidade que poderia ter sido evitada com uma simples atitude de nossos representantes legais...
 
Henrique Ayres em 18/07/2011 05:17:22
4 tiros para roubar R$800,00....a coisa tá feia mesmo....
 
Renata Rezende em 18/07/2011 04:40:16
POIS É, MAIS UM JOVEM VÍTIMA!!!! É CLARO QUE NADA VAI ACONTECER, A VÍTIMA NÃO É FILHO DE NINGUÉM TÃO IMPORTANTE, NÃO FILHO DE JUIZ OU COISA PARECIDA E TUDO ACABARÁ COMO SEMPRE, PENALIDADE BRANDA, E DEPOIS ESSAS DUAS DELINQUENTES VOLTAM A SOCIEDADE E AS VÍTIMAS PODEM SER EU OU VOCÊ!
 
ANDRÉ LUIZ GOMES em 18/07/2011 04:31:30
Mas um caso envolvendo adolescentes, e agora heim o que dizer para a sociedade sobre o CONSELHO TUTELAR DA CRIANÇA E ADOLESCENTE que resguarda um direito que deveria ter para aqueles que necessitam de proteção, e não para os deliquentes que cometem crime sem remorso e aproveitam dessa deixa para sairem impunes. Ainda bem que existem mães como essas senhoras, que ao saberem procuraram as autoridades.
 
Suzana Maroli em 18/07/2011 04:18:05
Tava meio esquisito mesmo essa história inicial.
Aperta que elas peidam.
 
Orlando Lero em 18/07/2011 02:43:11
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions