A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

18/07/2011 14:13

Polícia investiga outros autores no assassinato de rapaz na Capital

Paula Vitorino e Francisco Júnior

Apesar de duas adolescentes, de 14 e 15 anos, confessarem o assassinato de Thiago Marques Rosa, de 26 anos, a Polícia Civil suspeita que exista, ao menos, mais um envolvido no crime. De acordo com o delegado Fernando Nogueira, entre os indícios que levaram a suspeita está o fato da menina de 14 anos não saber ao menos como apertar o gatilho de uma arma.

“Coloquei a arma na mão da menina e ela não conseguiu apertar o gatilho”, esclarece.

As garotas também receberam várias ligações durante esta manhã. Segundo o delegado, cerca de 14 chamadas foram efetuadas para o celular de uma das meninas. Questionada a respeito, a adolescente informou que era de um amigo do bairro onde mora.

Ela ainda afirmou que tinha contado para alguns amigos sobre o crime ocorrido da madrugada passada, antes de ir até a delegacia nesta segunda-feira (18). A mãe de uma das meninas procurou o delegado para denunciar o envolvimento da filha e a amiga.

O assassinato de Thiago aconteceu na madruga de domingo, por volta das 2h. O seu corpo foi encontrado na manhã de ontem, nas proximidades do anel rodoviário, na saída para São Paulo.

Até o momento, as investigações e o relato das adolescentes apontam que o assassinato aconteceu após as meninas serem convidadas a entrar no veículo de Thiago, que passava pela feira do bairro Jardim das Meninas. Dentro da Blazer, o rapaz começou a passar a mão nas partes íntimas da menina do banco passageiro e a outra adolescente procurou algum objeto no carro até encontrar uma arma.

Segundo o depoimento, ela apontou o revólver para a cabeça do jovem e fez ele colocar uma fronha no rosto. Ao mandar parar o veículo, a vítima teria tentando retirar o tecido e a menina efetuou um disparo que acertou no seu rosto. Fora do carro, ela atirou mais uma vez em sua nuca.

Em seguida, passou o revólver para a outra menina, que efetuou mais dois disparos contra Thiago.

Após o crime, elas fugiram com o veículo e depois abandonaram nas proximidades do anel viário.

Suspeitas - Informações preliminares ainda indicam que outro rapaz estava com ele no veículo, mas este estaria desaparecido.

A Polícia Civil ainda investiga a suspeita de que as meninas já conhecessem Thiago, sendo assim, elas não teriam entrado no veículo de rapazes totalmente desconhecidos.

Mas o delegado esclarece que as informações das adolescentes são confusas e mudam conforme os depoimentos.

“Uma delas chegou a afirmar que já tinha conhecido a vítima”, explica.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions