ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, QUINTA  23    CAMPO GRANDE 25º

Capital

Morto a golpes de faca respondia de ameaça até tentativa de homicídio

Edelson Pires foi morto e o irmão, também esfaqueado, socorrido com vida e levado à Santa Casa

Por Dayene Paz | 14/04/2024 10:36
Calçada onde vítima caiu e marcas de sangue no chão. (Foto: Henrique Kawaminami)
Calçada onde vítima caiu e marcas de sangue no chão. (Foto: Henrique Kawaminami)

Edelson Pires, morto a facadas na noite deste sábado (13), na Vila Marli, em Campo Grande, tinha diversas passagens pela polícia, incluindo de ameaça até tentativa de homicídio. O irmão dele também foi ferido no crime e socorrido à Santa Casa de Campo Grande.

A reportagem do Campo Grande News encontrou diversos processos criminais no nome de Edelson no TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul). Cerca de 12 deles quando era menor de idade e, por isso, não há detalhes sobre as ocorrências.

Já na maioridade, constam crimes de ameaça, receptação, posse de drogas, violação de domicílio e tentativa de homicídio. Não há informações se o assassinato de Edelson esteja ligado a um dos crimes que ele responde. A polícia fez rondas, mas nenhum suspeito ainda foi preso pela morte de Edelson.

O crime - Um motorista de aplicativo passava pelo momento em viu duas pessoas sendo esfaqueadas na Rua Dona Julia Serra. As vítimas eram Edelson e o irmão.

Na Santa Casa, os policiais conversaram o irmão que sobreviveu. Ele informou conhecer por "Alemão" o autor do crime. Alemão estava acompanhado de um primo, ainda não identificado, quando esfaqueou as vítimas.

A esposa de Edelson esteve no local onde a vítima foi morta. Ela relatou aos policiais que os irmãos saíram de casa sem dizer para onde iriam e que isso não era comum. Também disse desconhecer qualquer desafeto do marido.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias