A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

29/12/2015 11:20

Morto em confronto com a PM respondia por estelionato e posse de droga

Luana Rodrigues
A suspeita é de que o carro seria levado para o Paraguai. (Foto: divulgação/PM)A suspeita é de que o carro seria levado para o Paraguai. (Foto: divulgação/PM)
As armas foram apreendidas com a dupla. (Foto: divulgação/PM)As armas foram apreendidas com a dupla. (Foto: divulgação/PM)

Foi identificado como João Carlos de Oliveira, 26 anos, o outro assaltante morto durante confronto com policiais o Batalhão de Choque da Polícia Militar. O homem foi reconhecido pela irmã, no Imol(Instituto de Medicina Odontológica) de Campo Grande, na tarde de ontem(28).

Conforme a polícia, João Carlos tem passagens por tentativas de estelionato e posse de drogas. Em 2011, ele teria sido vítima de violência doméstica, ao ser agredido, quando tentava separar uma briga entre marido e mulher.

Tiroteio - João Carlos foi morto quando, segundo a polícia, trocava tiros com policiais ao tentar fugir com um veículo Fiat Estrada, de cor vermelha, roubado de uma idosa de 69 anos. Douglas Rocha Cavalcante, 21 anos, também foi baleado e morreu no local. A suspeita é de que eles levariam a Picape roubada para o Paraguai.

Conforme a polícia, a ocorrência começou por volta das 16h30 do dia 27, na Rua Padre Caetano, no Bairro Taveirópolis, quando o veículo foi roubado da idosa. À polícia, a vítima contou que foi fechada por um Corcel, de cor vermelha. No carro estavam três ocupantes, dois deles armados desceram e mandaram a idosa sair do veículo. Enquanto descia, a mulher chegou a ser agredida no braço por um dos ladrões. Depois do crime, os dois fugiram na picape.

Por volta de 1h, os policiais foram informados pelo Ciops (Centro Integrado de Operações de Segurança) de que a picape tinha sido vista no Posto América, saída para São paulo. Os militares, então, fecharam todas as cidades da cidade.

Em rondas, próximo ao Lixão e o Presídio Federal, na saída para Sidrolândia, o veículo foi localizado com os dois ocupantes. Os policias deram ordem de parada, mas os bandidos continuaram a fuga e só pararam depois que dois pneus da picape foram furados por tiro.

Segundo a polícia, os ladrões que estavam armados cada um com revólver calibre 38, desceram já atirando nos policiais, que revidaram com pelo menos seis disparos. Um dos bandidos foi atingido com três tiros e o outro com um. Eles foram socorridos pelos PMs e levados ao Hospital Regional, onde morreram. Os dois foram baleados na região do tórax. A polícia informou ainda que os bandidos chegaram a atirar na parte da frente da viatura.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions