A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 20 de Abril de 2019

04/01/2019 12:48

Motociclista quase perde perna em colisão com caminhão no anel viário

O motorista do caminhão envolvido contou que seguia na BR-163 quando uma moto que vinha da MS-040 entrou na rodovia federal

Mayara Bueno e Bruna Pasche
Caminhão em L, quando a cabine e o restante da carreta 'torcem'. (Foto: Bruna Pasche).Caminhão em "L", quando a cabine e o restante da carreta 'torcem'. (Foto: Bruna Pasche).

Um acidente na BR-163, próximo ao anel viário em Campo Grande, por volta das 11h30 desta sexta-feira (dia 4), deixou duas pessoas em estado grave - uma delas quase teve a perna esquerda amputada. Apesar da batida, o trânsito no local não precisou ser interditado. 

Segundo o motorista do caminhão envolvido, de 53 anos, que não quis se identificar, afirmou que dirigia na BR-163 de Aquidauana em direção a Campo Grande, quando o motociclista de uma Titan cor verde subia pelo acesso da MS-040 em sentido a rodovia federal. O condutor não teria parado e o motorista do caminhão afirma que chegou a tentar desviar para esquerda, mas não conseguiu impedir a batida.

Vítimas sendo atendidas na calçada, (Foto: Bruna Pasche).Vítimas sendo atendidas na calçada, (Foto: Bruna Pasche).

Na moto, estavam Antônio Soares Bittencourt, 43 anos, e Kassiano Cristaldo Marques, de 25 anos. Ambos trabalham na Ambiental Solutions há quatro meses, de acordo com um dos responsáveis da empresa que foi ao local do acidente. 

Ele, que também não quis dizer o nome, afirmou que os dois tinham acabado de sair para almoçar.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, os dois ocupantes da moto se feriram gravemente. Antônio sofreu uma fratura na perna esquerda e quase teve o membro amputado. Ele também está com traumas em diversas partes do corpo, assim como o colega. Kassiano precisou ser estabilizado por equipes da CCR, concessionária que administra a BR-163, até a chegada dos Bombeiros.

O motorista do caminhão não se feriu, mas demonstrou nervosismo e estava abalado. À reportagem, ele contou que esta é sua primeira viagem de 2019 e que seguia até Três Lagoas para voltar a sua cidade natal, em Americana, São Paulo.

O veículo, que é de uma empresa terceirizada, estava vazio, pois tinha acabado de ser descarregado. O homem passou por teste do bafômetro, que verifica a ingestão de álcool, que deu negativo.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions