A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Outubro de 2019

02/08/2019 11:35

Motorista se apresenta e diz que morte em avenida ocorreu após briga

Acidente aconteceu por volta das 22h de terça (30), na Avenida dos Cafezais, no Bairro Mário Covas, região sul da cidade

Viviane Oliveira e Mirian Machado
Retrovisor de carro envolvido em acidente foi quebrado (Foto: Henrique Kawaminami) Retrovisor de carro envolvido em acidente foi quebrado (Foto: Henrique Kawaminami)

Suspeito de envolvimento em acidente com morte na Avenida dos Cafezais no começo desta semana, Sérgio Nascimento Oliveira, 31 anos, se apresentou nesta manhã na 5ª Delegacia de Polícia Civil, prestou depoimento e foi liberado. O Renault Clio Vermelho que ele dirigia no dia do fato foi apreendido para ser periciado.

O acidente terminou com a morte do motociclista Rafael Escobar da Silva, 21 anos. A namorada dele, Eduarda de Siqueira Pissurno, 23 anos, que estava na garupa da moto, fraturou o joelho e foi socorrida à Santa Casa, onde permanece internada.

Segundo o delegado Ricardo Meirelles, Sérgio contou em depoimento que há uma conveniência na região e havia saído para comprar bebida para reabastecer o seu comércio. Durante o trajeto, dois motociclistas que seguiam atrás do carro, fizeram ultrapassagem, passaram na frente dele e diminuíram a velocidade.

Com pressa, o motorista sinalizou com luz alta. Houve uma discussão, até que Sérgio acelerou e ultrapassou os rapazes. A vítima, então, que seguia com a namorada, alcançou o carro dele e chutou o retrovisor. Foi nesse momento, segundo relatos de Sérgio à polícia, que Rafael perdeu o controle da direção e bateu na mureta do Jockey. Ele morreu no local.

“Ele disse que não viu o acidente. Ouviu apenas o barulho e não voltou por medo”, contou o delegado. Sérgio nega ter causado o acidente. Tanto Rafael quanto Sérgio não tem CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

O motociclista que seguia junto com Rafael já foi identificado e será ouvido. O delegado busca imagens de câmeras de segurança na região para esclarecer o fato. Inicialmente, o caso foi registrado pela polícia como morte provocada pela própria vítima. Até então não havia informação de participação de outro veículo. “Foi uma fatalidade”, defendeu Carlos Olímpio, advogado de defesa de Sérgio. O acidente aconteceu por volta das 22h de terça-feira (30), na Avenida dos Cafezais, no Bairro Mário Covas, região sul de Campo Grande.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions