ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, TERÇA  09    CAMPO GRANDE 12º

Capital

MP recorre de decisão que absolveu tenente-coronel que matou o marido

O pedido ainda não foi avaliado pelo TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul)

Por Adriano Fernandes | 25/06/2021 20:19
Tenente-coronel acompanhado audiência via videoconferência. (Foto: Marcos Maluf)
Tenente-coronel acompanhado audiência via videoconferência. (Foto: Marcos Maluf)

O promotor do (Ministério Público de Mato Grosso do Sul), Douglas Oldegardo Cavalheiro dos Santos entrou com um recurso contra a decisão judicial que absolveu a tenente-coronel da PM (Polícia Militar), Itamara Romeiro Nogueira, de 44 anos, pela morte do seu marido o major Valdeni Lopes Nogueira, de 45 anos.

O pedido de recurso foi feito nesta sexta-feira (25), dois dias após o julgamento. O MPMS pede o deferimento para apresentar novos argumentos, que corroborem uma revisão da decisão. O pedido ainda não foi avaliado pelo TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul).

Morte e julgamento - Por 4 votos a 3, o júri absolveu a tenente-coronel da PM em julgamento que durou mais de 13h, na última quarta-feira (23), em Campo Grande. Durante depoimento a policial alegou que agiu em legítima defesa, depois de ser agredida e ameaçada de morte pelo marido, naquele dia 12 de julho de 2016. A acusação contestou a versão e alegava que o crime, deveria ser tratado como uma execução.

A tenente-coronel atirou no marido durante uma briga na casa em que moravam, no Bairro Santo Antônio. O júri deveria ter acontecido em junho do ano passado, mas na ocasião, a pandemia do coronavírus suspendeu atividades presenciais do Poder Judiciário e a data foi reagendada para às 08h de quarta-feira, dia 23 de junho de 2021.

Nos siga no Google Notícias