A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 23 de Setembro de 2018

03/01/2018 14:58

MS teve em 2017 menor registro de dengue no período de 8 anos

No ranking ano a ano 2013 foi o que mais registrou casos da doença sendo 102.026 casos

Guilherme Henri
Recipiente com larvas do mosquito da dengue (Foto: Marcos Ermínio)Recipiente com larvas do mosquito da dengue (Foto: Marcos Ermínio)

Mato Grosso do Sul teve no ano passado o menor registro de casos de dengue em 8 anos. O dado foi divulgado em boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde e conforme relatório, até o dia 23 de dezembro de 2017, foram registradas 6.201 notificações.

No comparativo ano a ano o número representa uma drástica queda já que em 2010 foram registrados 82.597 casos, no ano seguinte 15.506 e em 2012 foram 16.506 notificações. Já 2013 foi o ano que mais tiveram casos registrados da doença sendo 102.026 casos. Em 2014 foram registrados 9.256, no ano seguinte 46.070 e no ano passado foram notificados 59.874.

MS teve em 2017 menor registro de dengue no período de 8 anos

Ainda conforme relatório, 17 município do Estado estão com alta incidência nos casos da doença, ou seja, acima de 300 casos por 100 mil habitantes. Quem lidera o ranking é Camapuã, que possuí pouco mais de 13 mil habitantes e notificou132 casos de dengue em 2017. Em segundo está São Gabriel do Oeste, com 24 mil habitantes e 209 notificações seguido por Eldorado com 12 mil habitantes e 97 casos.

No ranking, Campo Grande aparece com médica incidência com 832 mil habitantes e 2.416 casos de dengues.

Em relação a mortes pela doença foram registrados três casos sendo eles em Aquidauana, Camapuã e Cassilândia. Destes municípios apenas Camapuã faz parte das cidades com alto índice da doença.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions