A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

30/05/2013 12:36

Mulher amanhece morta e polícia prende marido como suspeito

Mariana Lopes
Corpo da vítima tinha vários hematomas e marcas de asfixia (Foto: Stephanie Romcy)Corpo da vítima tinha vários hematomas e marcas de asfixia (Foto: Stephanie Romcy)

Uma mulher foi encontrada morta na manhã desta quinta-feira (30), na casa onde morava, localizada na rua dos Amigos, no Jardim Anache, em Campo Grande. A polícia suspeita de que ela tenha sido asfixiada pelo marido, por causa dos hematomas que tinha pelo corpo.

Conforme informações que a família de Adelaide Romero Lopes, 30 anos, passou à polícia, ela era alcoólatra e de uns tempos para cá estava ingerindo álcool puro e até perfumes.

Antes de ser preso como suspeito pela morte da esposa, Jânio Flores Rosa, de 38 anos, conversou com a imprensa e disse que os hematomas pelo corpo de Adelaide foram causados pelo álcool e por quedas de quando ela estava bêbada.

Porém, de acordo com a delegada Deniella Kades, além dos hematomas, a vítima estava com marcas de dedos nos braços, o que indica que ela foi segurada, e também há sinais no pescoço de Adelaide, o que gera indícios de que ela tenha realmente sido asfixiada.

Jânio nega a autoria do crime. Ele contou que na noite de ontem ele dormiu no sofá da sala e que ela tinha ingerido álcool. Na manhã de hoje, quando ele acordou e foi até o quarto, Adelaide já estava morta. O casal morava sozinho com o filho mais novo da vítima, que ontem estava na casa dos avós.

O corpo da vítima foi encaminhado para o IML (Instituto Médico Legal) e será submetido a um exame preliminar para confirmar o motivo da morte.

O marido dela foi encaminhado à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro, onde permanecerá preso até sair o resultado do IML. Segundo a delegada, se o exame comprovar morte por asfixia, Jânio será autuado em flagrante delito por homicídio doloso em consequência de violência doméstica.

Terminal rodoviário de Campo Grande oferece cartões de Natal gratuitos
A rodoviária de Campo Grande, mais um ano, oferece gratuitamente cartões de Natal gratuitamente para os passageiros que passarem pelo local até o pró...
Universidade do MS recebe certificação de excelência em gestão
Será recebida pela UCDB (Universidade Católica Dom Bosco) em solenidade que acontece na próxima segunda-feira (18) o certificado de excelência em ges...
Águas Guariroba continua com campanha de renegociação de dívidas
Vai até o dia 29 deste mês a campanha "Fique em Dia", realizada pela Águas Guariroba para renegociar as dívidas que os consumidores têm com a empresa...
Prefeitura e TJ prorrogam renegociação de dívidas ajuizadas até 3ª
O programa de refinanciamento de dívidas da Prefeitura de Campo Grande foi prorrogado até o dia 19 de dezembro, a próxima terça-feira, no Centro de C...


a muito tempo ela ja vinha sofrendo agressoes desse canalha ... vinha sendo espancada diariamente ... e ele ainda tem coragen de negar que a matou.cadeia é pouco pra ele.
 
cleide oliveira em 01/06/2013 10:53:09
Concordo que realmente ele é um suspeito, que ele contribuiu com a polícia, tem que ser muito bem investigado, ele nega... E se fosse realmente ele, teria fugido e não ficado esperando a polícia, pois muitos pagam por crime que não cometeram...
 
Nestor A. Guimarães em 31/05/2013 17:17:21
porque ele nao aguarda o resultado em liberdade por que é humilde e carente. Só isso nada mais
 
ronivaldo farias de mendonça em 31/05/2013 09:17:40
Ele é um suspeito e pq não esperar o resultado em liberdade?? Pelo q vejo ele contribuiu com a policia e em momento algum fugiu, onde está o bom senso??
 
MARIO WANDERLEY ALFONSO NOGUEIRA em 30/05/2013 13:04:22
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions