A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

29/10/2011 14:27

Mulher é assassinada em loja no centro de Campo Grande

Paulo Fernandes e Nadyenka Castro
Corpo da empresária Maria Aparecida Mendes é retirado da loja (Foto: Simão Nogueira)Corpo da empresária Maria Aparecida Mendes é retirado da loja (Foto: Simão Nogueira)

A empresária Maria Aparecida Mendes, de 66 anos, foi assassinada há pouco dentro de uma loja de roupas femininas na rua Dom Aquino, quase na esquina com a rua Rui Barbosa, no centro de Campo Grande.

Ela sofreu de quatro a cinco perfurações no pescoço. Os ferimentos possivelmente foram provocados por um objeto pontiagudo como uma faca ou uma tesoura.

A suspeita é de que seja um latrocínio (roubo seguido de morte). Maria Aparecida era a dona do estabelecimento comercial.

O corpo foi encontrado pelo marido Clayton Pereira, de 57 anos. Ele havia falado com ela um pouco antes, às 11h40. Clayton chegava de viagem, quando recebeu a ligação da esposa dizendo que um cliente queria comprar um terno.

Clayton é dono de uma outra loja, de ternos. Ao chegar ao estabelecimento comercial dele, telefonou para a esposa, mas ela não atendeu o celular.

Ainda muito abalado, ele conta que resolveu ir à loja da esposa. Logo ao entrar, ele encontrou o celular dela jogado na entrada.

O corpo da esposa estava no corredor, entre o banheiro e o provador. “Eu gritei e ela não respondia. Quando abri a porta, vi o corpo”, disse. “Me deparei (sic) com a cena mais terrível”, acrescentou.

Testemunhas afirmam que após falar com o marido por telefone, Maria Aparecida foi a um salão de beleza, logo ao lado. Quando voltou, ela teria sido abordado pelo assaltante.

Maria Aparecida deixa cinco filhos, todos adultos. A família é evangélica.



no Brasil deveria haver pena de morte ou a pessoa deveria sofrer o mesmo pelo que pratica...acho que só desta forma esses mulequezinhos marginais iriam pensar ao menos um pouco (se isso for possível, se existir algo na cabeça desses seres..) antes de praticar tais atos..
lamentável
 
Renata Balsan em 17/11/2011 12:29:09
Isso é um absurdo!!!! Inacreditável, o nosso país a cada dia que passa é uma vergonha!!! Ainda por cima essa lei no Brasil so defende os bandidos, ainda mais quando se trata de um menor que pode fazer de tudo e que nada lhe acontece, isso é vergonhoso e muito revoltante!! Visto que esse muleques acha-se que tem o direito de fazer o que eles fazem, ja que sao muito homenzinhos para poder matar...
 
Ines ferreira em 12/11/2011 01:26:42
espera ki a justiça seja feita...
 
luciano rocha em 04/11/2011 11:13:33
pois eh fikei sem minha tia.tia minha mae sofre por sua perca num sabe o kuanto doi, nos aki de UBERABA lamentamos sua morte, espero ki DEUS conforti nossos coraçoes.tiamos muito esteja em paz, seu sobrinho luciano e FAMILIA....
 
luciano rocha em 04/11/2011 11:10:26
Dona Cida era uma pessoa trabalhadora e honesta.
Somente Deus para ter piedade de quem pratica um ato desses com o próximo. Pena que nossa justiça é "fraca", cadê a pena de morte que não é implantada neste país?!
Que Deus abençoe a família e conforte o coração de cada um neste momento de tamanha dor.
Que seja feita justiça!!!
 
Lindsay Souza em 03/11/2011 05:27:52
eu sou neto dela ela nos deixou com muitas saudades......
ela era uma mulher muito batalhadeira que não deixava nada faltar para os filhos.e nem para os netos....ass/////: bruno acosta rodrigues vó eu te amo
 
bruno acosta em 02/11/2011 10:16:59
Que Deus tenha misericórdia desses marginais. pois; tocaram nas "meninas dos olhos de Deus".
 
Wesley Fabricio de Souza Silva em 31/10/2011 02:49:19
não entendi o termo "a familia é evangelica". e o que tem isso com o crime?
 
maira vicente em 30/10/2011 10:59:25
Alguem ja ouviu falar numa tal pena de morte???
ta chegando a hora...
 
NEWTON BARROS em 30/10/2011 07:23:12
esses acontecimentos so nos leva a pensar na impunidade um meliante desses ai vai pra cadeia um advogado libera ele rapidin rapidin isso he uma vergonha , seus familiares ficam sofrendo com a perda pro resto das suas vidas ficam as sequelas. Ta na hora de mudarmos isso.
 
joao matos em 30/10/2011 06:52:03
pois .. tá na hora de acabar com a farra desses marginais. Ou a inJustiça age de acordo, ou a população vai começar a agir. CHEGA DE IMPUNIDADE!
 
Marcelo Max em 30/10/2011 01:14:15
Acho que antes da pessoa reclamar da segurança publica, tem que parar de reagir querer ser superior ao bandido!!!
 
Osvaldo Castilho em 29/10/2011 06:23:04
aque ponto chegamos, hoje não temos segurança, algunha senhora laborando..foi atacado por marginal..ou desocupado...governo pouco faz...para garantir a vida do cidadão...este PAÍS....PRECISA Urgente,.......Melhora aplica pena mais rigida crime
desta natureza....Urgente.....
 
adão de arruda sales em 29/10/2011 05:53:00
E ai? Que irá acontecer com esse covarde, com certeza irá se preso e terá direitos de defesa, ainda cabendo prerrogativa de réu primário e outros artificios da nossa rigorosa lei. Indignação!! Seria a palavra certa, vários crimes covardes e absurdos sem condenação reciproca. Lembram-se da idosa? Fazem algumas semanas, temos que exigir mais dos nossos lideres e governantes que as coisas funcionem.
 
Marcelo Marin em 29/10/2011 04:30:49
Meu Deus, como existem seres humanos que se tornam verdadeiros animais selvagens, porque nao vao trabalhar como a maioria das pessoas ao inves de ficarem cometendo atrocidades como essa.Tomara Deus q tenha cameras nessa loja e possa identificar esse assassino e bota-lo na cadeia, se bem que isso sera muito pouco pra amenizar a dor dessa familia. Pena de Morte Ja. Argentina tem, porque nao o Brasil
 
Luci Santos em 29/10/2011 04:28:12
em nome de jesus eu creio q o senhor ira confortar grandemente o coração desa familia infelismente perdemos uma grande mulher de Deus...
 
karen duarte em 29/10/2011 02:55:06
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions