A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

27/11/2017 11:04

Mulher é suspeita de provocar morte de recém-nascido após tentativa de aborto

Suspeita está internada na Santa Casa da Capital após apresentar sangramentos devido ao procedimento irregular

Liniker Ribeiro
Fachada da Santa Casa de Campo Grande (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo)Fachada da Santa Casa de Campo Grande (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo)

Uma jovem de 20 anos está sendo investigada pela Polícia Civil da Capital, suspeita de ter provocado a morte de seu filho, um bebê que nasceu de forma prematura, na última quinta-feira (23), na Vila Manoel Secco Thomé, em Indubrasil.

Segundo informações policiais, a jovem escondia a gravidez da família e teria provocado o nascimento antecipado da criança. O feto foi encontrado pela irmã da suspeita, em um saco plástico de cor verde, escondido embaixo da cama.

A análise de exames necroscópicos, realizados pelo Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal), revelaram que o feto havia nascido com vida, sendo a provável causa da sua morte, a desnutrição.

O caso só veio à tona na manhã da última sexta-feira (26), quando por volta das 9h30, a mãe do bebê apresentou sangramento e revelou aos familiares que estava grávida. Ela afirmou ainda, ter tomados chás e comprimidos para provocar o aborto.

Aos familiares, a jovem contou ter comprado os medicamentos de um mulher identificada apenas como Flaviane, que seria filha de uma dona de boca de fumo, em Indubrasil. Para à polícia, o nome revelado pela suspeita foi o de uma mulher chamada Taís, que seria moradora em Terenos.

Uma tesoura foi encontrada pela irmã da jovem dentro de um cesto de lixo coberto por areia, e tudo indica que o objeto tenha sido usada na ação. Caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do centro de Campo Grande, e encaminhado para 7ª Delegacia de Polícia.

Por conta do sangramento causado pelo procedimento irregular, jovem foi levada para Santa Casa da Capital e, de acordo com a assessoria de comunicação do hospital, continua internada em observação.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions