A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

19/01/2011 22:58

Mulher visita filho, percebe agressão, questiona ex e acaba apanhando

João Humberto

Uma mulher de 33 anos foi agredida pelo ex-marido, um homem de 37 anos, nesta quarta-feira, às 10h30, quando foi visitar os três filhos na rua Miguel Ângelo, no Jardim Aero Rancho, e percebeu que um deles apresentava marcas roxas em baixo dos olhos, nos lábios e no pescoço.

A vítima registrou boletim de ocorrência na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do bairro Piratininga e informou que mora em Corumbá e hoje veio até a Capital ver os filhos, que moram com o pai. Ela contou que foi casada com o autor por oito anos e que está separada dele no mesmo período.

Ao chegar à residência em que os filhos moram, a vítima percebeu que o menino de nove anos apresentava várias lesões pelo corpo. Por isso ela começou a discutir com o ex-marido, querendo saber o motivo dos hematomas.

Durante a discussão, o autor agrediu a ex-mulher com socos e tapas e depois a expulsou da residência. A vítima estava acompanhada de uma sobrinha, que também foi expulsa.

Ela acionou o Conselho Tutelar, que a orientou a comparecer à Depac e registrar ocorrência. Uma audiência já foi marcada para amanhã, quando as crianças serão ouvidas, juntamente com o pai.

Caso as lesões sejam constatadas, a Depac será acionada pelo Conselho Tutelar.

Homem tenta matar ex-mulher a facadas em Dourados
Rodrigo Luiz da Cruz, de 25 anos, tentou a matar a ex-mulher a facadas ontem em Dourados. Ele mora em Itaporã e foi à casa da ex-esposa Sheila Dias, ...
Justiça substitui pena a homem que ameaçou ex-mulher
A Seção Criminal do TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), por maioria e contra o parecer da Procuradoria-Geral de Justiça, substituiu a ...
Mulher é assassinada a facadas depois de brigar com ex
Uma mulher foi assassinada a facadas em Dourados, na noite de ontem. A vítima é Lucilene Cosma Martins, de 35 anos, residente no distrito de Itahum.E...
Jovem vai levar filha à ex-mulher e apanha de 8 pessoas
O jovem Alexandre Alves de Oliveira, 29 anos, foi agredido por oito pessoas na madrugada de hoje, na avenida Marcelino Pires, região central de Doura...


Porque será que a mãe não ficou com a guarda das crianças após a separação?
Será que esse pai é monstro ?É um caso delicado.
 
Cleomenes Rodrigues em 20/01/2011 09:57:42
Que absurdo, se tem um caso de denuncia de agressão contra criança, aliado a agressão da própria denunciante, isso deveria ser apurado imediatamente, por meio de exame médico, se houver denuncia caluniosa então puni-se o denunciante falacioso, mas o Conselho Tutelar não tem que ouvir as crianças e o agressor antes de apurar a existência da lesão, ele tem a guarda e provavelmente tem o dominio emocional da criança, pode inventar um desculpa e a criança vai continuar sofrendo maus tratos, além disso as marcas somem, as vezes já estão sumindo, e o tempo é cruscial para apuração...Quantas crianças irão morrer no Brasil por causa na demora para apuração das agressões??? Acredito que uma das medidas de proteção à criança deve ser a apuração imediata, na ocorrencia da circunstância e não depois de amanhã....amanhã pode ser tarde!!!!!
 
vivian Karini de Almeida Borges em 20/01/2011 07:20:18
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions