A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 21 de Setembro de 2017

09/09/2017 15:35

Museu da Imagem e do Som terá exibição gratuita de filmes sobre rádio

Programação quer abordar importância e papel da imprensa no Estado

Mayara Bueno
Museu da Imagem e do Som, onde vai ocorrer mostra de cinema. (Foto: Divulgação FCMS).Museu da Imagem e do Som, onde vai ocorrer mostra de cinema. (Foto: Divulgação FCMS).

A partir de segunda-feira, dia 11, o Museu da Imagem e do Som promove o CineMIS Especial, que vai comemorar o mês do radialista. A programação segue até sexta-feira, dia 15.

As exibições vão acontecer sempre às 19 horas e são gratuitas, conforme a Fundação de Cultura de MS. Serão cinco filmes com abordagens sobre a mídia. A ideia é debater e refletir o papel da imprensa na sociedade.

Além disso, ainda conforme a Fundação, a mostra é forma de reconhecer a radiodifusão como um meio de comunicação e parte da história do Estado.

A programação é promovida em conjunto com o Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Radiodifusão, Televisão, Publicidade e Similares.

Confira os filmes que serão exibidos - sinopses retiradas da Fundação de Cultura.

Segunda – Rádio Nacional (2011) – Paulo Roscio – Documentário sobre a Rádio Nacional do Rio de Janeiro, a principal emissora da Era de Ouro do rádio brasileiro a partir de depoimentos de personalidades que fizeram sua história. Destaque para os funcionários que foram demitidos da rádio após o golpe civil-militar de 1964, mostrando a influência política nos rumos de um meio de comunicação. (80 min).

Terça – A Era do Rádio (1987) – Woody Allen – Comédia baseada na Era de Ouro do rádio norte-americano, nos anos 1930 e 1940, a partir das lembranças de um garoto e sua família de origem judia. Destaque para a famosa encenação da Guerra dos Mundos, por Orson Welles, numa rádio de Nova Jersey e que causou pânico generalizado na população e o quanto o rádio fez parte de milhões de vidas no século 20. (88 min).

Quarta – Uma Onda no Ar (2002) – Helvécio Ratton – Drama baseado na história real da Rádio Favela de Belo Horizonte e sua trajetória desde os anos 1980, quando era uma emissora pirata, até sua autorização como rádio educativa. Destaque para a realidade de uma comunidade carente da capital mineira e seu dia-a-dia materializados na luta dos idealizadores pela manutenção da rádio contra um sistema que os oprime. (1h30min).

Quinta – Verdades que Matam (1988) – Oliver Stone – Drama que conta a história de uma estrela do rádio no Texas (EUA) que, prestes a ter seu programa veiculado em rede nacional, convive com um público cada vez mais agressivo e violento. Destaque para a relação comportamental entre o locutor de rádio e seus ouvintes, mostrando o quanto as pessoas são influenciadas pelo poder dessa mídia. (1h50min).

Sexta – Bom dia, Vietnã (1987) – Barry Levinson – Comédia dramática que conta a história de um radialista convocado para comandar o programa de rádio das forças armadas americanas no Vietnã e que ganha imensa popularidade dos soldados ao mesmo tempo que é alvo da inveja do seu superior. Destaque para o aspecto subversivo do rádio, que desafia hierarquias e convenções. (2h10min).

O MIS está localizado no Memorial da Cultura, na avenida Fernando Correa da Costa, 559, no Centro.

 




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions