ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, QUARTA  21    CAMPO GRANDE 27º

Capital

Mutirão de serviços lota escola no Bairro Vida Nova

Evento acontece até às 14h, na Rua Maraú; Assuntos de moradia e emissão de documentos são os mais procurados

Por Natália Olliver | 09/12/2023 11:59
Ao todo, serviços 300 serviços são oferecidos na Escola Municipal Nerone Maiolino (Foto: Natália Olliver)
Ao todo, serviços 300 serviços são oferecidos na Escola Municipal Nerone Maiolino (Foto: Natália Olliver)

Moradores do bairro Vida Nova e região lotaram a Escola Municipal Nerone Maiolino na manhã deste sábado (9) para a 26ª edição do “Mutirão Todos em Ação”. O evento é uma parceria entre entidades que promovem ações sociais há 14 anos e a prefeitura de Campo Grande. No local são oferecidos mais de 3000 serviços.

Entre os mais procurados estão a regularização de imóveis, cadastro em auxílios e programas sociais, requerimento para castração de animais e emissão de documento de identificação. Além dos moradores, o mutirão atraiu pessoas de bairros distantes. Regimere Amorim de Souza, de 30 anos, é uma delas. Ela saiu do Indubrasil apenas para conseguir emitir uma nova via do RG de maneira gratuita.

Regimere Amorim foi até multirão para conseguir RG de maneira gratuita (Foto: Natália Olliver)
Regimere Amorim foi até multirão para conseguir RG de maneira gratuita (Foto: Natália Olliver)

“Vim por causa dos documentos que quero fazer e sobre a moradia. Nunca tinha vindo. Compensa vir, muita gente não tem oportunidade. Vou fazer segunda via da identidade que o meu ta muito velho”.

Karine Barauna Sampaio levou a cachorrinha mel para ser colocada na fila para castração. A Subea (Subsecretaria do Bem-Estar Animal) disse que a cirurgia pode ser oferecida em até dois meses. “Acredito que tem que ter mais edições na região. tem muitos serviços sendo oferecidos ao mesmo tempo. a população agradece”.

Eulete Pereira da Costa buscou o mutirão para regularizar as dívidas do imóvel onde mora. À reportagem ela ressaltou que quer começar o ano de maneira mais tranquila.

Eulete Pereira estava entre as 535 pessoas em busca de regularizar dívidas de moradia (Foto: Natália Olliver)
Eulete Pereira estava entre as 535 pessoas em busca de regularizar dívidas de moradia (Foto: Natália Olliver)

"Eu moro no Jardim Anache, essa situação está há muito tempo não conseguir pagar nada. Agora quero renegociar pra começar a pagar certinho. Acho isso importante é ajuda muita gente. Ficamos em casa, no serviço e não temos tempo. Também preciso tirar uma identidade nova. Eu cai bati a perna e não conseguia sair, dependo dos outros. Ai vim pra fazer tudo, fique alegre com isso".

Apenas no período da manhã 535 pessoas compareceram à unidade escolar em busca da renegociação de dívidas habitacionais e inclusão em cadastros sociais voltados a moradia, feitos pela Emha(Agência Municipal de Habitação e Assuntos Fundiários).

Lice Cânepa, coordenadora do projeto explica que a parceria entre as entidades e prefeitura é de extrema importância para a população. “Fazemos há 14 anos e essa escola fizemos antes da pandemia. Em 2023 retornamos às atividades. A prefeitura pegou o projeto que trouxe para dentro. Isso ampliou o serviço. Nosso objetivo é dar acesso a essa população".

Segundo ela, além dos serviços citados, a busca é por agendamento de consultas e exames feitos pela Sesau (Secretaria Municipal de Saúde). " A Energisa está aqui também para ajudar quanto a contas de energia".

A prefeita, Adriane Lopes esteve no local, para ela o diferencial da ação é que os serviços vão até a população e não mais os cidadãos ao encontro das unidades.

"A nossa gestão faz diferente, ao invés de ficar nas secretarias aguardando a vinda deles para levar a demanda, a gente vai nos bairros. Nossa equipe sai no sábado para apresentar mais de 300 serviços, trazendo respostas rápidas para os moradores".

Prefeita esteve na Escola Municipal Nerone Maiolino na manhã deste sábado (Foto: Natália Olliver)
Prefeita esteve na Escola Municipal Nerone Maiolino na manhã deste sábado (Foto: Natália Olliver)

Keyla Fukushima, supervisora de relacionamento com o cliente da Energisa ressalta que além de sanar dúvidas sobre o programa federal Desenrola, empresa também está oferecendo o cadastramento no Tarifa Social.

"Oferecemos cadastro na tarifa social, dúvidas e esclarecimento sobre o programa do governo federal que aderimos e que tem desconto até 75% e parcelamentos em até 60 vezes. Como tem critério específico, quem não se enquadra pode renegociar direto com a concessionária".

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News.

Nos siga no Google Notícias