A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 20 de Agosto de 2019

25/07/2019 15:28

Na Capital, 58% da população está acima do peso, alerta Ministério da Saúde

Conforme os dados, de cinco moradores da Capital, três estão acima do peso. Outros 21,5 % dos moradores sofrem de obesidade

Geisy Garnes
O excesso de peso atinge principalmente os homens de Campo Grande (Foto: Marina Pacheco/Arquivo)O excesso de peso atinge principalmente os homens de Campo Grande (Foto: Marina Pacheco/Arquivo)

Pesquisa do Ministério da Saúde revelou que 58% da população está com excesso de peso em Campo Grande, ou seja, com índice de Massa Corporal acima do valor considerado 'normal' pela OMS (Organização Mundial da Saúde). Ainda conforme o levantamento, outros 21,5 % dos moradores sofrem de obesidade.

Os dados são de 2018 da pesquisa Vigitel (Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico) e foram divulgados nesta quinta-feira (25).

Conforme os dados, de cinco moradores da Capital, três estão acima do peso. Ainda segundo o levantamento, o excesso de peso atinge principalmente os homens de Campo Grande, cerca de 61,2% deles. Na população feminina, a taxa é de 56,1%. Os números levam a cidade ao 6º lugar no ranking nacional entre as capitais.

O estudo teve como base o IMC (Índice de Massa Corporal) dos entrevistados, calculado por meio de uma conta que divide o peso da pessoa pela altura elevada ao quadrado. Quando o índice é igual ou maior que 25 kg/m² é considerado excesso de peso. Quando ultrapassa os 30 kg/m² é obesidade.

A pesquisa releva ainda que 21,5% da população da Capital sofrem de obesidade - desse número, 21,5% são mulheres e 21,4% homens.

Também foi analisado pelos pesquisadores a frequência com que os entrevistados praticam atividades físicas. Campo Grande ficou entre as cinco cidades em que mulheres mais se exercitam, com 7,5%, mas também permaneceu no ranking de indivíduos fisicamente inativos, com 9,6% da população feminina. No total, 40,1% dos entrevistados praticam atividades físicas.

A Vigitel é realizada anualmente pelo Ministério da Saúde por meio de entrevistas telefônicas. A edição de 2018 foi elaborada com base em 52.395 entrevistas entre fevereiro e dezembro do ano passado, feitas com pessoas com mais de 18 anos nas 26 capitais brasileiras e no Distrito Federal.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions