A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 23 de Janeiro de 2018

26/06/2013 13:21

Naviraiense cobra de Federação ressarcimento de R$ 1,1 milhão

Francisco Júnior
Dirigente mostra as carteirinhas dos dois atletas. (Foto: Francisco Júnior)Dirigente mostra as carteirinhas dos dois atletas. (Foto: Francisco Júnior)

A polêmica por conta da eliminação do Naviraiense da Copa do Brasil continua. A diretoria do clube torna a culpar a FFMS (Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul) pelo acontecido.

O novo capítulo dessa história é com relação à data do vencimento dos contratos dos jogadores Luis Claudio Lima Conceição, o “Bahia” e Paulo Sérgio Santos Silva que constam na carteirinha emitida pela Federação do Estado.

De acordo com o diretor de futebol do Naviraiense, Cláudio Roberto de Oliveira, o contrato dos jogadores venceu com o clube no dia 7 de maio, porém na carteirinha de registro do atleta emitida pela Federação, a data que consta é do dia 15 de maio, dia do jogo com o Paysandu. “No mínimo, a Federação nos induziu ao erro. Quem vai nos ressarcir dos prejuízos?”, questiona o dirigente que calcula em R$ 1,1 milhão o prejuízo pela eliminação.

Apesar da divergência, Oliveira afirma ainda que o regulamento da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) é favorável a equipe sul-mato-grossense. “O artigo 41 do regulamento permite ao clube renovar o vínculo de seus atletas até 15 dias após o término do contrato. Eles estavam regulares, foi injusta a nossa eliminação”, reclama.

Após ter duas decisões favoráveis pela permanência na competição, o Naviraiense foi eliminado por decisão do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva). Como tribunal é a maior instancia da justiça desportiva não cabe mais recurso.

Conforme o dirigente, se algo estivesse irregular o clube teria que ter sido informado pela federação. “É muito engraçado, a gente em momento algum foi alertado pela federação sobre qualquer problema com nossos atletas. Se tinha irregularidade a gente deveria ter sido avisado”, acrescenta.

O vice-presidente da FFMS, Marco Tavares, contesta a acusação do dirigente alegando que o clube está “procurando um culpa” pela eliminação. Ele explica que as carteirinhas de registro dos jogadores só é válida para o Campeonato Estadual de Futebol. “Esse documento só é utilizado em competições aqui do Estado”, afirma.

De acordo com Cláudio Roberto, a torcida organizada estuda entrar na justiça para que time tenha direito de se defender.



o q sera de nos , meu deus , vergonha , covardia , tem muito dinheiro por traz disso , acho q o naviraiense esta sendo conivente
 
sandro almeida em 11/07/2013 13:50:46
vergonha vergonha 1000 vezes vergonha
 
sandro almeida em 11/07/2013 13:48:37
DE QUE ADIANTA O PAYSANDU GANHAR NO TAPETÃO COM AQUELE TIME RUIM NÃO PASSA PELO ATLETICO NUNCA.
 
DALMAR MORALES BAMBIL em 28/06/2013 12:34:57
Isso é tudo carta marcada, engraçado como pode o Naviraiense teve duas vitórias, onde em ambas cabia direito de recurso ao Paysandu, ai justamente no STJD onde não cabe recurso o Naviraiense perdeu engraçado né... Paysandu querendo ou não é um time de expressão popular conhecido nacionalmente, agora o Naviraiense está começando agora... não concordo também com o Presidente que a culpa é da federação, onde está a organização do clube, os assessores, diretores, o time tinha que ter esse controle não pode deixar na mão de terceiros.... mais que fico com uma "pulga atras da orelha" com essa situação do julgamento eu fico.....
 
Gilmar dos Santos em 27/06/2013 14:28:43
Esta na hora dos clubes sul mato grossenses se unirem e dar a resposta a esta diretoria da federação na próxima eleição... oportunidade a outros !!!!!
 
luis sousa em 27/06/2013 08:32:51
O STJD, julga as ações que envolvem apenas o futebol. Somente as causa do esporte. Os litígios de contratos e valores, é competente a Justiça comum. Assim, caso o Naviraiense se sinta prejudicado, pode buscar o Poder Judiciário, para se ver indenizado dos prejuízos
 
CARLOS FERNANDO em 27/06/2013 07:12:08
Foi assim que afundaram o Operário F.C. esse jeito amador de trabalhar a Federação de Futebol de MS.
 
Carlos Lamarca em 26/06/2013 21:31:06
O futebol daqui já é morto, quando consegue uma grande vitória os caras fazem uma dessas.
 
Gabriel de Castro em 26/06/2013 18:39:51
Isso é um absurdo, não podemos aceitar essa situação, devemos nos unir e apoiar o Naviraiense. Nunca um time de MS chegou a 3ª fase, por esse motivo temos que nos unir, clamo por uma mobilização em defesa do futebol sul-mato-grossense.
 
Miguel V. Cavalcante em 26/06/2013 17:48:13
O Diretor da equipe, o Sr. Claudinho, errou feio, falhou em acompanhar registros e documentos, e agora busca culpados. Qualquer pessoa que acompanha futebol sabe que o responsável por esse controle é a equipe, é o diretor de futebol. Nós torcedores sabemos que o Naviraiense cresceu, mas ficou nas mãos de amadores para administrá-lo.
 
Geraldo Pereira em 26/06/2013 17:46:29
Acho que é pura inveja, porque os times de Campo Grande não tiveram o mesmo êxito.
 
Marcos Valencoela em 26/06/2013 15:02:32
ENTREM NA JUSTIÇA COMUM PARA REAVER A VAGA! O Rio Branco/AC conseguiu permanecer na Série C do Brasileiro assim, não se intimidem com CBF ou FFMS ou STJD, busquem o direito do Naviraiense onde quer que seja. Mas andem logo antes que seja tarde!
 
Paulo Medeiros em 26/06/2013 14:32:11
Os times do nosso Estado quase não se destacam na mídia e quando um consegue tem sempre alguém, algum não sei, sempre tem algo para tirar os nossos times e nosso estado do destaque.
 
Thiago Lima Couto Almeida em 26/06/2013 14:28:46
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions