A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 21 de Janeiro de 2018

07/04/2015 08:59

Negociação de reajuste não tem prazo para finalizar, diz secretário

Kleber Clajus
Secretário de Administração, Wilson do Prado prevê que prazo da data base de maio possa ser estendido em negociação com sindicatos (Foto: Marcos Ermínio / Arquivo)Secretário de Administração, Wilson do Prado prevê que prazo da data base de maio possa ser estendido em negociação com sindicatos (Foto: Marcos Ermínio / Arquivo)

A negociação de reajuste dos servidores municipais de Campo Grande pode não ser finalizada antes da data base de maio. O titular da Semad (Secretaria Municipal de Administração), Wilson do Prado, admite que o processo será iniciado nesta semana e dependerá dos sindicatos o fechamento de acordo em tempo hábil.

“Ontem saíram os nomes da comissão que vai tratar das negociações e hoje convocamos as pessoas, mas finalizar ainda neste mês é outra questão, porque depende de discussões, estudos e assembleias dos sindicatos que não sei se vão conseguir”, ressaltou o secretário.

Devem participar do processo, conforme publicação no Diário Oficial do município, o secretário de Governo e Relações Institucionais, Rodrigo Pimentel, o secretário-adjunto de Planejamento, Finanças e Controle, Ivan Jorge Cordeiro, e a servidora Bárbara Marques Seifert de Araújo. O grupo será presidido por Prado.

Quando finalizada a negociação dos percentuais um projeto deve ser encaminhado para apreciação da Câmara Municipal, antes da chancela do prefeito Gilmar Olarte (PP). Somente depois desse procedimento este entrará em vigor.

Proposta ousada – Proposta do Sisem (Sindicato dos Servidores Municipais) prevê reajuste de 25% nos salários, ante os 8% lineares no ano passado. Há ainda pedido de ampliação do auxílio alimentação em 150%, de R$ 130 para R$ 320, além de ser extensível a todos os servidores.

A fim de garantir o atendimento do pleito, o sindicato ainda sugere redução na jornada de trabalho de oito para seis horas em secretarias e fundações para contribuir com a economia, por exemplo, de energia elétrica, água e telefone diante da crise financeira enfrentada pelo município.

Prefeito cria comissão para negociar reajuste salarial com servidores
O prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte (PP), criou uma comissão para negociar o reajuste salarial dos 22 mil funcionários públicos municipais. Ape...
Sindicato quer reajuste de 25% para servidor e jornada de 6h na prefeitura
Com data base para o mês de maio, os servidores municipais de Campo Grande querem reajuste linear de 25% e aumento de 150% na bolsa alimentação. Para...
Jovem de 20 anos é preso com plantação de maconha dentro de casa
Um jovem de 20 anos foi preso em flagrante com uma plantação de maconha dentro de casa. A prisão foi realizada por policiais do Garras (Delegacia Esp...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions