ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SEGUNDA  02    CAMPO GRANDE 16º

Capital

No 1º "sextou" após novo decreto, Guarda recebe mais de 40 denúncias por hora

A Guarda Civil Metropolitana fiscalizou 45 estabelecimentos funcionando além do horário

Por Giovana Martini e Mariely Barros | 27/03/2021 08:35
Carros da GC, durante a última fiscalização. (Foto: Assessoria GCM)
Carros da GC, durante a última fiscalização. (Foto: Assessoria GCM)

Na primeira noite do novo decreto estadual, que restringe o funcionamento de diversas atividades até 4 de abril, a GCM (Guarda Civil Metropolitana) interceptou 110 pedestres fora de casa em horário proibido, das 20h até as 5h da manhã.

Ao todo, o órgão de fiscalização recebeu 372 ligações entre a noite de sexta-feira (26) e as primeiras horas da manhã deste sábado. São mais de 41 ligações por hora.

Dos chamados, 160 foram denúncias de descumprimento do decreto, que foi reforçado na última semana pelo governo do estado. Pelos próximos 10 dias, apenas serviços essenciais são autorizados a continuar de portas abertas, respeitando as normas estipuladas para cada área. Comércio não configura enquanto nesta lista e restaurantes só poderão operar em sistema de delivery.

Na madrugada, a Guarda Civil Metropolitana de Campo Grande também flagrou 45 estabelecimentos comerciais funcionando fora do horário permitido. Para acionar a Guarda Civil Metropolitana, ligue para o 156.

De forma geral, além do toque de recolher, o descumprimento ao decreto até 4 de abril incorrem em infrações sanitárias e desrespeito ao Código Sanitário Estadual, que é a Lei 1.293 de 21 de setembro de 1992. Veja:

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade


Na semana do feriadão, a Guarda municipal recebeu 857 denúncias de aglomerações e festas, ao total o disque denúncia atendeu mais de mil ligações da população.

O Disque 153, canal de emergência utilizado pela Guarda Municipal, recebeu 1.543 ligações entre o 22 e 26, mais da metade dessas chamadas, 857, foram de pessoas que estão denunciando aglomerações  e festas clandestinas.

Outras 223 pessoas buscaram o serviço para esclarecer suas dúvidas sobre o decreto e o funcionamento do comércio, nos dias decretados feriados pela Prefeitura de Campo Grande, nesses dias os profissionais contaram com a ajuda a população para fiscalizar.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário