A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 15 de Outubro de 2018

09/08/2018 10:33

No frio, crianças da favela no Noroeste revezam tênis para ir a escola

Semed disse que item será entregue ainda hoje na escola do bairro

Kleber Clajus e Bruna Kaspary
Juma e Ingrid avaliam dificuldades em frente a barracos no Jardim Noroeste (Foto: Bruna Kaspary)Juma e Ingrid avaliam dificuldades em frente a barracos no Jardim Noroeste (Foto: Bruna Kaspary)

O frio impõe dificuldades extras as famílias que vivem em barracos localizados embaixo da linha de transmissão de energia elétrica que atravessa o Jardim Noroeste. Cobertores são colocados nas paredes improvisadas para evitar a entrada do vento e tem, até, família em que as crianças revezam o tênis, para não faltar a aula.

Juma Rodrigues de Almeida e Ingrid Oliveira Vilagra, ambas de 28 anos, relataram que a estratégia de cobertores nas paredes evita entrada do vento pelas frestas de madeira dos cômodos. O filho de um ano de Ingrid, inclusive, tosse sem parar devido aos efeitos do frio.

As amigas, que são mães de quatro filhos,  contam que acordar as crianças nesse período é um desafio pela preguiça ou limitações até com calçados. "Não tenho tênis para todo mundo e ainda não ganharam o da escola", disse Juma. "Minha filha de 5 anos usa de manhã e o menino de 4 anos durante a tarde. Tem que ficar revezando, senão eles sofrem demais". 

Em nota, a Semed (Secretaria Municipal de Educação) informou que os filhos de Juma e os demais alunos da Escola Municipal Senador Rachid Saldanha Derzi terão entregues hoje os pares de tênis do kit escolar. Até então somente parte dos estudantes receberam esse item.

Outras dificuldades - Dione Arguelho dos Santos e Leliane Pereira de Barros, de 27 e 38 anos, também adotam medidas especiais em suas casas improvisadas. Contudo, ao chover ninguém sai temendo os raios e a força da água que no passado alagou as estruturas.

"Tenho medo dos raios porque parece que passa pelos fios todos [da linha de transmissão]", relatou Leliane. Já Dione coloca todos os quatro filhos em cima da cama a fim de protegê-los contra eventuais enxurradas que ainda assombram a favela.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions