A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 14 de Agosto de 2018

09/01/2016 17:42

No primeiro sábado após pagamento, lojas têm movimento fraco no centro

Thiago de Souza
Apesar de rua cheia, comerciantes reclamam de vendas fracas. (Foto: Gerson Walber)Apesar de rua cheia, comerciantes reclamam de vendas fracas. (Foto: Gerson Walber)
Liquidação das lojas não atraiu público na tarde deste sábado. (Foto: Gerson Walber). Liquidação das lojas não atraiu público na tarde deste sábado. (Foto: Gerson Walber).

A tarde deste sábado (9), foi bastante tranquila para comerciantes e clientes, na região central de Campo Grande. Segundo lojistas, embora esse tenha sido o primeiro sábado útil após o pagamento, o movimento foi bem abaixo do esperado na Rua 14 de julho. 

Lojistas afirmaram que quase todos as lojas estão em liquidação. “A maioria das lojas não está com estoque novo”, informou o gerente de uma loja de calçados que preferiu o anonimato. Ele completou dizendo que o movimento foi o suficiente apenas para “girar o estoque". 

Para Susi Meri Melo de Jesus, 31, gerente de uma loja de roupas na esquina das ruas 14 de Julho e Dom Aquino, um outro motivo explica a falta de clientes na loja. “Teve a megaliquidação de uma loja de eletroeletrônicos hoje. Acho que o povo gastou o dinheiro lá”, relatou. “Nossa, hoje está parecendo feriado”, completou.

O vendedor de churros, Marcelino Pereira Rocha, 57, concorda com o fraco movimento e, na opinião dele, “a chuva espantou a clientela”, afirmou. Ainda segundo ele, no sábado passado estava mais cheio.

A estudante Lea Batista, 23, estava de folga e aproveitou para passear com a amiga. Ela observou preços mais em conta do que o normal. “Os preços cairam bastante. Tem bastante liquidação, por isso estamos escolhendo”. Também relatou ter percebido menor movimento no centro da Capital. 

A fisioterapeuta Bianca Maria Franchi, 28, foi fazer compra no sábado por falta de tempo durante a semana e esperava uma 14 de Julho mais cheia. Disse também que não viu diferença de preços em relação ao período normal. “Você olha o anúncio na quinta-feira e no sábado já não acha pelo mesmo preço ou não acha o produto”, relatou.

Loja não teve movimento forte de clientes nesse sábado. (Gerson Walber) Loja não teve movimento forte de clientes nesse sábado. (Gerson Walber)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions