A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

11/06/2015 07:19

Nove flanelinhas detidos por ameaçar e perturbar motoristas no Centro

Filipe Prado e Luana Rodrigues

Nove flanelinhas foram detidos durante a noite desta quarta-feira (10) após ameaçar fieis da Igreja Nossa Senhora Perpétuo Socorro e estudantes da Faculdade Facsul que estacionaram os veículos na região. Nenhum flanelinha detido possuía registro profissional para exercer a atividade.

De acordo com a ocorrência policial, a Polícia Militar foi acionada, em conjunto com o Exército Brasileiro, para realizar uma operação na região na igreja Perpétuo Socorro. Dos flanelinhas abordados, Luiz Antônio Moraes da Silva, 42 anos, Francisco de Morais Leão, 44, Júlio César Amariz Ribeiro, 35, Luzia de Souza Anastácio, 44, Edson Vitor da Silva, 40, Claudemir Duveza, 34, Aurélio Assis Ferreira, 49, Wilker Sander Rodrigues Souza, 22, e Ailton Ferreira Batista, 29, exerciam a profissão de cuidador ilegalmente.

As testemunhas alegaram que os autores estavam molestando e perturbando a tranquilidade dos frequentadores. Os flanelinhas foram encaminhados para a DEPAC (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) por exercício ilegal de profissão ou atividade e perturbação da tranquilidade, assinaram um termo de compromisso e foram liberados por ter sido um crime menor potencial.



Só o fato de existir flanelinha já comprova que somos imbecis, a rua é pública, se meu carro é roubado o flanelinha não vai fazer ou assumir nada, ou seja, por que eu tenho que pagar para deixar meu carro na rua? Só pra ele não ser depredado pelo proprio flanelinha, então resumindo, todo flanelinha é criminoso e a profissão não tem porque existir, é o mesmo que para na calçada de um quarteirão do centro e começar a cobrar para deixar as pessoas andaram pela "minha" calçada, quem não pagar não pode passar, é isso, vou pro centro hoje e começar minha nova profissão, flanelão.
 
Max em 11/06/2015 09:14:52
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions