ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, QUINTA  13    CAMPO GRANDE 23º

Capital

Novo delegado-geral assume preocupado com aumento de crimes cibernéticos

Lupersio Degerone Lucio ocupa o cargo desde abril deste ano, mas cerimônia de posse aconteceu nesta 6ª feira

Por Ana Paula Chuva e Antonio Bispo | 24/05/2024 14:26
Secretaria Carlos Videira (à esquerda) e o delegado-geral Lupersio Degerone (à direita) (Foto: Henrique Kawaminami)
Secretaria Carlos Videira (à esquerda) e o delegado-geral Lupersio Degerone (à direita) (Foto: Henrique Kawaminami)

Ocupando o cargo de delegado-geral da Polícia Civil desde o dia 16 de abril deste ano, Lupersio Degerone Lucio teve a cerimônia de posse realizada nesta sexta-feira (24) e na ocasião afirmou que a maior dificuldade hoje no Estado é o avanço dos crimes cibernéticos. O evento foi realizado na Adepol (Associação dos Delegados de Polícia de Mato Grosso do Sul) e contou com a participação de diversas autoridades. O governador Eduardo Riedel não conseguiu chegar a tempo.

Ao Campo Grande News, Lupersio afirmou que uma das maiores dificuldades que ele vê atualmente no Estado é o aumento dos crimes cibernéticos. Segundo o delegado-geral, facções criminosas optam pela modalidade por oferecer menores riscos e o enfrentamento precisa ser aprimorado.

“Estamos avançando em todos os segmentos, mas os crimes cibernéticos estão perturbando muito a população. Nós temos vítimas a toda hora desses crimes de internet, são amigos, parentes, vizinhos, pessoas instruídas que são vítimas desses crimes. Eu quero aprimorar mais e conversar com o procurador-geral da Justiça, nós temos que fazer esse enfrentamento”, disse Lupersio.

“A gente observa que aplicar golpes pela internet é melhor para as facções criminosas do que correr o risco de ir roubar um banco, por exemplo, então essa modalidade cresceu muito. Queremos fazer esse enfrentamento aprimorando nosso setor de tecnologia e inteligência para que possamos dar uma resposta efetiva. Em todo o Brasil aumento muito. Vou pedir para levantar as demandas do setor e, talvez, criarmos uma delegacia para atender vítimas desses crimes”, continuou.

Na ocasião, Degerone pontuou também que a população pode esperar um atendimento mais humanizado nas delegacias e que o objetivo é que ninguém seja maltratado quando procurar uma unidade para registrar boletim de ocorrência.

“A sociedade pode esperar uma sinergia muito grande com a Polícia Civil. Vamos capacitar e aperfeiçoar o atendimento nas nossas unidades para que sejam bons, respeitosos e efetivos. Não queremos que a população vá até as delegacias apenas por ir. Queremos que todos sejam atendidos de forma digna em respeitosa e que consigam levar para cara seus boletins de ocorrência”, afirmou o delegado-geral.

Delegado-geral durante entrevista á imprensa após cerimônia de posse (Foto: Henrique Kawaminami)
Delegado-geral durante entrevista á imprensa após cerimônia de posse (Foto: Henrique Kawaminami)

Sobre um possível concurso para a Polícia Civil, o delegado-geral afirmou que houve um pedido feito ao governador Eduardo Riedel e que estão trabalhando nisso. Segundo ele, o certame foi pleitado pelo sindicato da categoria, mas também é uma demanda da gestão.

“A sociedade quer mais policiais e policiais qualificados e bem treinados para atendê-los. Essa demanda que eu venho tratando com o secretário estadual de Justiça e Segurança Pública está bem encaminhada e acredito que vamos avançar muito nesta pauta”, finalizou Lupersio.

Já o antecessor de Lupersio e atual adjunto na Secretaria Estadual de Administraçaõ, o delegado Roberto Gurgel afirmou que a missão do novo delegado-geral é elevar a Polícia Civil do Estado à primeira posição nacional.

“Atualmente somos a segunda melhor. A missão dele é deixar em uma posição a mais no ranking. Resumo a minha gestão em uma palavra: ‘gratidão’”, afirmou Gurgel.

O governador Eduardo Riedel não esteve no evento porque estava em agenda na região sul do Estado e foi representado pelo titular da Sejusp (Secretaria Estadual de Justiça e Segurança Pública), Carlos Videira. A cerimônia contou ainda com a presença da prefeita Adriane Lopes e delegados de diversas unidades do Estado.


Confira a galeria de imagens:

  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
Nos siga no Google Notícias