A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

25/04/2014 10:30

Obras de pavimentação vão priorizar bairros com água e esgoto

Kleber Clajus
Rua do bairro Nova Lima, que será contemplado com pavimentação (Foto: Marcelo Victor)Rua do bairro Nova Lima, que será contemplado com pavimentação (Foto: Marcelo Victor)

As obras do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) destinadas à pavimentação e qualificação de vias devem priorizar, de uma lista de doze bairros em Campo Grande, áreas já atendidas com rede de água e esgoto ou que a rede esteja próxima. A informação é do secretário municipal de obras, Semy Ferraz.

“Temos cronograma a ser executado em três anos que envolve pavimentação, drenagem, recapeamento e calçadas em 12 complexos da Capital. As licitações já estão em andamento e prevemos o início das obras em junho, priorizando os bairros que já possuem rede de água e esgoto, que é uma exigência do Ministério das Cidades”, comenta Semy.

No pacote de obras, orçado em R$ 311,7 milhões, estão incluídos os bairros Sírio Libanês, Portal do Panamá, Bellinate, Nova Campo Grande, Nasser, Alto São Francisco, Anache, José Tavares, Nova Lima, Atlântico Sul, Seminário e Mata do Jacinto. Ao todo devem ser pavimentados 400 quilômetros de vias, sendo 80 deles recapeamento.

A assinatura do contrato entre a Caixa e Prefeitura deve ocorrer no dia 11 de maio, momento em que o recurso deve ser efetivamente liberado. Contudo, os processos de licitação foram autorizados previamente para que todas as obras iniciem antes de 5 de julho, prazo em que o dinheiro pode ser bloqueado em virtude do período eleitoral.

Obras de pavimentação vão priorizar bairros com água e esgoto

O secretário explica que o Bairro Nova Lima, por exemplo, deve ser um dos últimos a receber pavimentação, em 2016. Isso porque é preciso construir uma ETE (Estação de Tratamento de Esgoto), que ainda aguarda licença da Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo).

“A Águas Guariroba já tem recurso de R$ 96 milhões para fazer as ligações de água e esgoto, sendo o investimento inicial de R$ 30 milhões”, comenta.

De acordo com a assessoria da Prefeitura, um grande projeto de drenagem também prevê o término de alagamentos nos bairros Nova Campo Grande, Serradinho e Jardim Carioca. No local serão investidos R$ 77,9 milhões, incluindo o valor de recapeamento.

Já no Novo Século, obras de R$ 4 milhões devem conter área de erosão e, assim, devem garantir retomada do projeto de asfalto e drenagem no Cidade Morena, que aguarda desde 2012 a aplicação de R$ 3 milhões provenientes da União.

Quanto ao Jardim Panorama, a prefeitura pretende convocar nova empreiteira para terminar a obra após desistência da empresa anterior.

 

Matéria alterada para acréscimo de informação.

Prefeitura licita primeiras obras de pavimentação do PAC II na Capital
A Prefeitura de Campo Grande iniciou, nesta terça-feira, a licitação das primeiras obras de pavimentação do PAC II (Programa de Aceleração do Crescim...
Águas Guariroba continua com campanha de renegociação de dívidas
Vai até o dia 29 deste mês a campanha "Fique em Dia", realizada pela Águas Guariroba para renegociar as dívidas que os consumidores têm com a empresa...


Que absurdo, quase 1 milhão por quilômetro de asfalto??
 
Aline Costa Schossler Lopes em 25/04/2014 13:41:10
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions