A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 23 de Janeiro de 2018

25/10/2011 16:00

Obras do complexo do Imbirussu-Serradinho passam por últimos retoques

Paula Vitorino

Após cerca de 4 anos em obras, moradores da região agora ganham com lazer e infraestrutura

Sinalização, iluminação e gramado do complexo já estão sendo concluidos. (Fotos: João Garrigó)Sinalização, iluminação e gramado do complexo já estão sendo concluidos. (Fotos: João Garrigó)

Após quatro anos, o complexo Imbirussu-Serradinho já está praticamente pronto para ser entregue, garante a construtora responsável pelas obras. Alguns serviços de acabamento, além de calçamento, plantio de grama e sinalização ainda estão sendo finalizados, mas quem passa pela área já visualiza a nova paisagem.n Tudo vai estar pronto até o fim do mês, a parte das obras físicas está concluída e será entregue até sa´bado (29)", informou o engenheiro responsável pelo acompanhamento das frentes de serviço.

Nesta terça-feira de manhã o prefeito Nelsinho Trad disse que só aguarda a confirmação da agenda da presidente Dilma Rousseff para marcar a data de inauguração.

A obra compreende intervenções urbanas numa extensão de seis quilômetros de extensão, desde a avenida Duque de Caxias, na entrada do bairro Nova Campo Grande, até a avenida Euler de Azevedo, no bairro José Abrão - próximo ao Tênis Clube.

Ao longo da obra, os moradores da região são beneficiados com ciclovia, pavimentação de vias e abertura da avenida, que dá acesso mais rápido a diversos bairros e calçadas adequadas para a pratica de caminhada.

Mora não vê a hora de aproveitar benefícios da obra.Mora não vê a hora de aproveitar benefícios da obra.

Parque linear - A segurança e o meio ambiente também ganham com a recuperação do ecossistema da microbacia do córrego Imbirussú, reconstituição da mata ciliar, revitalização do Horto Florestal e retirada das famílias às margens do córrego.

Para a cabeleireira Otilde Afonso Sales, de 65 anos, a “limpeza” na paisagem e a abertura de novas vias de acesso são os principais benefícios que a obra trouxe.

“Essa rotatória é o que eu mais queria. A gente tinha que dar a maior volta pra ir ali na frente, comprar um gás. Agora com a rotatória ficou simples. Era só mato antes”, diz.

Ela mora em frente a rotatória construída no bairro nova Campo Grande, ligando a avenida Duque de Caxias. Otilde também lembra que a paisagem que via em frente a sua casa era “horrível” e limitada ao “brejo”.

“A gente não enxergava a avenida. O trem passa lá embaixo e a gente só ouvia o barulho”, diz.

No bairro Sayonara, próximo ao Horto, que deve ser aberto para o lazer da população, a comerciante Cleusa Maria da Silva, de 59 anos, não vê a hora da obra ser concluída.

Ela conta que foram quase 4 anos de transtornos com as obras e que agora espera desfrutar as melhorias do Complexo. “Ficou bom, melhorou bastante, mas acho que enrolaram muito”, diz.

O projeto do Imbirussu-Serradinho também abrangeu obras de reparo de erosões, novas pontes e galerias para drenagem das águas das chuvas. A melhoria na região ainda trouxe valorização para os imóveis.

O projeto do Imbirussu-Serradinho tem investimento de R$ 62,5 milhões, sendo R$ 57 milhões oriundos do Governo Federal através do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento).



Há de se verificar alguns pontos em que a agua fica acumulada na via apos as chuvas, um exemplo fica no caminho para quem vai do bairro Zé Pereira e o Búzios. Creio que aquele ponto foi mal planejado ou mal executado, o certo e que precisa ser consertado ou as autoridades passarão vexame.
 
Luiz Carlos Bravo em 26/10/2011 07:40:49
Concordo com srº Alberto sobre a rotátoria prox. tenis clube, e quem passa pela obra da duque de caxias até a euler vai perceber varias falhas, tem local que nem choveu e tem muita agua parada, calçadas sendo feitas ao lado de ribanceiras, quando chegar as chuvas vai danificar tudo. Sr° prefeito de uma fiscalizada de perto é muito dinheiro investido, a população está muito feliz com a obra.
 
andré luiz em 25/10/2011 11:12:16
Aquela rotatoria/retorno, nao sei o que , feito perto do tenis clube e uma piada de mau gosto. Passo por ali varias vezes por semana e ate agora nao entendi como vai funcionar.
E se for funcionar devera ser apenas para carro pequeno, pois, onibus acredito que nao ira conseguir realizar manobra. Esses "engenheiros'fazem cada uma que ate Deus duvida. E oa buracao como irao fecha-lo?????
 
Alberto Silva em 25/10/2011 04:28:00
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions