A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 21 de Setembro de 2018

30/05/2018 13:40

Oito meses depois, rede de esgoto possibilita asfalto no Santa Luzia

Etapa é necessária para pavimentação e recapeamento de 23 ruas

Kleber Clajus
Máquinas perfuram a Rua Santa Mônica para implantar rede de esgoto no Santa Luzia (Foto: Kleber Clajus)Máquinas perfuram a Rua Santa Mônica para implantar rede de esgoto no Santa Luzia (Foto: Kleber Clajus)

Foram retomadas, nesta quarta-feira (30), as obras para implantação da rede de esgoto no Bairro Santa Luzia, em Campo Grande. Tal intervenção precede pavimentação e drenagem de ruas e avenidas da região financiadas com recursos estaduais e federais.

O prefeito Marquinhos Trad (PSD) realizou visita técnica no local, ressaltando que cumpre promessa de campanha a uma região cansada de esperar por melhorias. São casos como do aposentado Franklin Ortiz, 72 anos, que espera há 39 anos sua rua ser asfaltada.

Mônica e Marli Silveira, de 32 e 61 anos, comemoravam o fato de máquinas perfurarem a Rua Santa Mônica para instalar a rede de esgoto. "Meus pais faleceram esperando o asfalto, mas agora vai sair", disse Marli. Já o líder do bairro, Joilson da Silva, destacou que 5 mil famílias serão beneficiadas pelas intervenções que acabam com histórico de lama e poeira.

Enquanto a rede de drenagem possui concluídas 80% das obras de seis quilômetros, a rede de esgoto teve interrompidos os trabalhos por oito meses em razão da concessionária Águas Guariroba ter extensão do contrato questionada na Justiça. Em abril, acordo possibilitou que atividades fossem retomadas para a implantação de 20.650 quilômetros do sistema de coleta que antecede a pavimentação e recapeamento de 23 ruas, totalizando 14,4 quilômetros.

O aposentado Franklin Ortiz aguarda as obras há 39 anos e agora acredita que ela sairá (Foto: Kleber Clajus)O aposentado Franklin Ortiz aguarda as obras há 39 anos e agora acredita que ela sairá (Foto: Kleber Clajus)
Mãe e filha, Mônica e Marli comemoravam o reinício das obras em frente de casa (Foto: Kleber Clajus)Mãe e filha, Mônica e Marli comemoravam o reinício das obras em frente de casa (Foto: Kleber Clajus)

Durante o período de paralisação, a empreiteira contratada deu sequência as intervenções de drenagem e conseguiu licenciamento ambiental da bacia de retenção projetada na Rua Santa Efigênia. Piscinão será construído em área de 5 mil m² para reter 10 mil m³ de águas pluviais. Ideia é reter a enxurrada que desce da parte alta do Santa Luzia e Vila Nasser, com escoamento destinado ao Córrego Imbirussu.

Investimento - A primeira etapa do Santa Luzia compõe investimento de R$ 13.727273,33 financiados pela Caixa Econômica Federal, através do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) Pavimentação, contrapartida de R$ 1.290.639.31 do município e R$ 600 mil fruto de parceria entre a prefeitura e o governo estadual. Já quanto as obras de esgoto são mais R$ 5 milhões também financiados pela concessionária Águas Guariroba junto a Caixa.

Pavimentação e drenagem, nessa etapa, contemplam a Avenida Hélio Martins Coelho, Rua Adolfho Pereira Barbosa, Flávio Pedra, Jobe de Matos, Marcilio Cardoso, Santa Ana, Santa Bernardete, Santa Cristina, Santa Efigênia, Santa Emília, Santa Gertrudes, Santa Isabel II, Santa Madalena, Santa Maria, Santa Mônica, Santo Agostinho, Santo Anastácio, Santo André, Santo Onofre, São Benedito, São Carlos, São Gregório e São Joaquim.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions