ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, DOMINGO  05    CAMPO GRANDE 28º

Capital

Operação contra furto de fiação emitiu 78 notificações este ano

Quatro pessoas foram presas por receptação de materiais sem origem legalizada

Por Aletheya Alves | 22/10/2021 16:39
Fios de cobre foram apreendidos em ferro-velho nesta quinta-feira (21). (Foto: Divulgação)
Fios de cobre foram apreendidos em ferro-velho nesta quinta-feira (21). (Foto: Divulgação)

Ação envolvendo GCM (Guarda Civil Metropolitana), Polícia Civil e Prefeitura contra o aumento de furto de fiação e grelhas de bueiro emitiu 78 notificações desde o início do ano. Denominada “Operação Ferro-Velho”, a fiscalização visitou 58 locais entre janeiro e outubro.

Conforme levantamento da GCM, quatro pessoas foram presas por receptação de materiais que não possuíam origem legalizada. As notificações emitidas envolvem a falta de alvará de funcionamento e licença sanitária.

Do total, 49 notificações foram emitidas pela Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano), 12 pela Vigilância Sanitária e 17 pela Sefin (Secretaria Municipal de Finanças e Planejamento).

Apenas nesta quinta-feira (21), a operação apreendeu 500 quilos de fios de cobre em ferro-velho localizado no Jardim Itamaracá. O material foi avaliado em R$ 100 mil e não tinha documentação de precedência.

Conforme a Prefeitura, o furto de fiação e grelhas de bueiro já gerou prejuízo de R$ 1 milhão e, através das vistorias, o objetivo é descobrir quem são os receptores. De acordo com a lei, o furto simples possui pena de um a quatro anos em prisão.

Já o furto considerado qualificado possui pena de reclusão que varia entre dois e oito anos, sendo que as duas tipificações são acrescidas de multa. Já os receptores podem ficar um mês em regime aberto, além do pagamento de multa.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário