A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

31/01/2015 14:21

Orçado em R$ 12 bi, Sisfron é apresentado pelo CMO à equipe de segurança de MS

Flávia Lima

O CMO (Comando Militar do Oeste) apresentou o projeto piloto do Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras (Sisfron) para o secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Sílvio Maluf. A apresentação foi feita pelo general Juarez de Paula, comandante da unidade militar

Com investimentos de mais de R$ 12 bilhões em recursos do Governo Federal e um prazo de dez anos para total implantação, o Sisfron é considerado um projeto ousado, que vai empregar tecnologia para ajudar o Exército Brasileiro, em parceria com as Secretarias de Segurança, a melhorar a segurança pública em quase 17 mil quilômetros de fronteira, na divisa de 11 estados brasileiros com outros países.

Durante quase duas horas de reunião, o general Juarez detalhou como será a estrutura, funcionamento e equipamentos utilizados pelo sistema. “No final do ano passado nos ativamos a primeira unidade do Sisfron aqui em Mato Grosso do Sul, no município de Dourados, para fortalecer a presença e a capacidade de ação do Estado na faixa de fronteira, bem como, auxiliar as forças policiais no combate à ilícitos como o tráfico de drogas, armas, contrabando e também, defesa sanitária”, enumerou o general Juarez.

Para o chefe de Operações do CMO, general Carlos Sérgio Câmara Saú, além de aumentar a segurança, a principal meta do Sisfron é a integração permanente das forças e órgãos de segurança.

“É um projeto estratégico do Exército Brasileiro, para todos, pois é através do Sisfron que vamos otimizar sistemas, reduzir custos e estreitar as relações com os órgãos de segurança pública e as polícias, visando o combate ao crime, defesa das nossas fronteiras e também, a prestação melhores serviços para a sociedade como um todo”, explicou o general Saú.

O secretário Sílvio Maluf, que na quinta-feira (29) participou com o governador Reinaldo Azambuja, de uma reunião em Brasília com o Ministro da Justiça, José Eduardo Cardoso, disse que um dos temas da pauta foi o Sisfron e que a fiscalização das divisas de Mato Grosso do Sul será uma das prioridades da nova gestão.

“A criminalidade na fronteira é uma preocupação, vamos nos aprofundar em projetos de combate ao tráfico de drogas, armas, pessoas, crimes contra a vida e também de defesa sanitária, para isso é primordial a integração e a troca de informações entre os órgãos de segurança da Sejusp, as polícias federais e as forças armadas”, disse Maluf, frisando que Mato Grosso do Sul é parceiro do Sisfron.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions