ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, SÁBADO  24    CAMPO GRANDE 26º

Capital

“Prontos para lockdown”, para salões de beleza limitar horário é lucro

Ana Paula Chuva | 10/03/2021 14:43
No ano passado, salões ficaram fechados por duas semanas e voltaram com regras de biossegurança. (Foto: Arquivo)
No ano passado, salões ficaram fechados por duas semanas e voltaram com regras de biossegurança. (Foto: Arquivo)

Para quem já esperava lockdown, restringir horário de funcionamento é lucro. Um dos setores que já esperava "pelo pior" é o da beleza, que no inicio da pandemia foi obrigado a fechar as portas.

Segundo a presidente do Sindicato dos Proprietários e Profissionais da Área de Beleza de Mato Grosso do Sul, Lucimar Roza, o setor está fazendo de tudo para obedecer os protocolos já impostos desde o começo da pandemia de covid-19 e não fechar totalmente já ajuda o setor que foi bastante prejudicado.

“Nós estávamos achando que iam fechar tudo e nós da área da beleza ficaríamos muito prejudicados. Essa redução de horário traz prejuízo sim, mas é muito melhor do que fechar tudo. Isso seria pior”, explicou Lucimar.

Ao Campo Grande News, ela explicou que os profissionais e donos de salão de beleza sentirão o impacto das novas restrições, mas a categoria está disposta a continuar obedecendo as medidas determinadas.

“Vamos nos adaptando para atender nossos clientes. Vamos sentir um pouco, mas queremos obedecer todas as regras. É um momento da gente se ajudar para diminuir os casos e assim poder continuar trabalhando. Acredito que se todo mundo ajudar as restrições sejam por pouco tempo.”, finalizou Lucimar.

Ano passado os salões de beleza precisaram fechar as portas até o mês de agosto.

As medidas de restrições publicadas hoje foram discutidas ontem em reunião entre o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), secretariado, técnicos da Saúde e representantes da Segurança Pública e conforme apurado pelo Campo Grande News, o fechamento total aos domingos chegou a ser cogitado, mas ainda precisaria passar por análise jurídica.

Com o vazamento nas redes sociais, os setores já começaram a se articular para tentar impedir as novas medidas. No entanto o setor de salões de beleza, já se preparava para fechar as portas, mas como o "lockdown" não veio a sensação é de alívio já que a maior demanda do setor é aos finais de semana.

No documento publicado hoje, os salões de beleza não entram como serviços essenciais, por isso, a partir de domingo (14), podem trabalhar com horários restritos. Nos dias de semana o funcionamento é permitido até às 20h, após isso entre em vigor o toque de recolher. Já nos finais de semana o horário é das 5h às 16h.

Durante os horários e dias de funcionamento, o estabelecimento deverá limitar o atendimento em 50% da capacidade com distanciamento mínimo de 1,5 m entre as pessoas presentes no local.


Nos siga no Google Notícias