A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

16/09/2015 14:32

Paralisação do INSS pode acabar nesta quarta-feira após 75 dias de greve

Juliana Brum
Servidores exigem documento assinado para que retornem aos postos ( Foto - Arquivo)Servidores exigem documento assinado para que retornem aos postos ( Foto - Arquivo)

Greve dos servidores do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), que completa 75 dias no Estado, pode chegar ao fim no começo desta noite (16) após a reunião do comando da greve com o ministro da Previdência Social, Carlos Eduardo Gabas em Brasília. O fim da paralisação só depende da assinatura de documento com as principais exigências feitas pelos servidores.

Segundo gerente executivo do INSS no Estado, Joaquim Cândido Teodoro de Carvalho, os servidores esperam o cumprimento do acordo feito informalmente, que contempla as exigência como a implantação de um novo sistema, a realização de um concurso público com no mínimo 89 vagas e o aumento da gratificação.

Carvalho também destacou que com o retorno formará equipe específica para colocar os atendimentos em dia. Os funcionários vão priorizar salário maternidade, auxilio doença e pensão. 

Quanto aos médicos peritos, segundo ele, 40% aderiram à greve na Capital. Em Três Lagoas, eles não deixaram de atender porque estão revezando os turnos com os médicos que não estão parados.

"Estamos aguardando o resultado da reunião de hoje, mas o ministro assinando as exigências, amanhã cedo faremos uma assembleia para voltarmos o quanto antes aos trabalhos", afirmou Joaquim Cândido.

Greve do INSS - Ela segue em nível nacional, com adesão de 26 estados. Em Mato Grosso do Sul, há agências que fazem atendimento parcial. As pericias médicas também estão parcialmente suspensas, na Capital, apenas a agência do Horto Florestal está realizando as pericias.

Além de Campo Grande, oito agências estão fechadas no interior estado, segundo a assessoria do órgão. Já o Ministério da Previdência informou que, dos 37 pontos de atendimento em Mato Grosso do Sul, cinco paralisaram o funcionamento.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions