ACOMPANHE-NOS    
MAIO, TERÇA  26    CAMPO GRANDE 11º

Capital

Parque das Nações Indígenas vai continuar sem receber público e atividades

Governo prorrogou suspensão das atividades sem prazo definido, em função da pandemia do coronavírus

Por Leonardo Rocha | 03/04/2020 11:15
Entrada do Parque das Nações Indígenas, em Campo Grande (Foto: Henrique Kawaminami)
Entrada do Parque das Nações Indígenas, em Campo Grande (Foto: Henrique Kawaminami)

O Parque das Nações Indígenas, em Campo Grande, vai continuar por tempo indeterminado sem receber público e realizar atividades. Foi o que definiu o Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul) em nova portaria, publicada hoje (03), no Diário Oficial do Estado.

As atividades no local, assim como em outras unidades de conservação que são do Estado já estavam suspensas desde o dia 20 de março, no entanto foi prorrogado este prazo até s até que um novo decreto do governo possa liberar o uso público.

Esta decisão também atinge atividades no entorno destes locais, como o projeto “Amigos do Parque”, que tem ações no Parque dos Poderes e Parque Estadual do Prosa. As medidas seguem a intenção de não propagar o novo coronavírus, que em Mato Grosso do Sul já teve 60 casos registrados.

Suspensos – Também continuam suspensos por tempo indeterminado os atendimentos os serviços de coleta de DNA para exames de paternidade, assim como os atendimento ao cidadão para emissão de carteira de identidade nas unidades estaduais e também as fiscalizações realizadas pelo Inmetro-MS (Agência Estadual de Metrologia).

Neste último caso (fiscalizações) abre-se exceção nos casos de urgência motivados por denúncias feita ao órgão, que fica evidente o abuso contra o consumidor, cabendo a direção imediata de plantão coordenar as atividades. Estes decretos também foram publicados hoje (03), no Diário Oficial do Estado.