A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

12/10/2014 18:42

Parque das Nações vira festa de família no Dia das Crianças

Kleber Clajus
Marcos Francisco saiu do Guanandi para garantir a diversão do filho Israel nos balanços (Foto: Alcides Neto)Marcos Francisco saiu do Guanandi para garantir a diversão do filho Israel nos balanços (Foto: Alcides Neto)
Já a família da dentista Silvia Greguer trocou shopping por teste de brinquedos ao ar livre (Foto: Alcides Neto)Já a família da dentista Silvia Greguer trocou shopping por teste de brinquedos ao ar livre (Foto: Alcides Neto)

Nem mesmo o calor impediu as crianças de fazer uma verdadeira festa, neste domingo (12), no Parque das Nações Indígenas, em Campo Grande. Porém, para garantir a diversão também não faltaram pais munidos com água, frutas e muito protetor solar, além de pessoas que aproveitaram o dia aberto para praticar exercícios ou mesmo fotografar.

A dentista Silvia Greguer, 48 anos, levou filhas e netos ao parque para cumprir promessa de um dia especial em que Maria e Pedro, de quatro e um ano, pudessem também testar os patinetes recebidos de presente, enquanto Julia, de quatro meses, era embalada nos braços e dormia tranquilamente.

O passeio, na verdade, foi mais para variar o roteiro entre shopping e restaurantes com brinquedos, conforme a mãe das crianças, Juliana, 24, que junto com a irmã Carolina, 21, monitorava e deu “banho de protetor solar” nos pequenos antes de sair de casa.

Para aplacar os efeitos da baixa umidade, que chegou a níveis inferiores a 30%, o servidor público Marcos Francisco Silva, 41, apostou nas frutas, suco e bastante água para manter o filho Israel, 4, brincando com as demais crianças nos balanços do parque. A dupla visita o local todo mês, quando sai do Guanandi em busca de uma área verde com um parquinho em melhor estado dos que os existentes no bairro.

 

Amigos aproveitaram sombra e só trocam parque por piscina ou rio (Foto: Alcides Neto)Amigos aproveitaram sombra e só trocam parque por piscina ou rio (Foto: Alcides Neto)
Médico recomenda consumo de muita água, mesmo em atividades físicas leves (Foto: Alcides Neto)Médico recomenda consumo de muita água, mesmo em atividades físicas leves (Foto: Alcides Neto)

Já a sombra foi o refúgio de um grupo de amigos que só troca o parque por uma piscina ou rio, como explicou o empresário Gil Saldanha, 26. Na toalha de piquenique não faltou espaço para se esticar, além de se garantir a Heitor, 5, momento em meio a natureza, após duas semanas de recuperação de uma catapora que está quase no fim.

De repente uma sombrinha chama atenção entre os adeptos da caminhada. Trata-se das primas Adrielle Vieira, 21, e Isabela Pavão, 17, que realizam um ensaio fotográfico e saíram do Caiçara para um dia diferente e de muito calor. A água, esqueceram em casa, mas pelo menos o protetor foi garantido na bolsa.

O médico Eduardo Escudeiro, 32, alerta que é necessário manter hidratação constante e respeitar os limites do corpo, ainda mais quando as altas temperaturas exercem limitações na atividade física. Ele e a dentista Marcela Escudeiro, 32, dão exemplo no retorno da prática de caminhada com intervalos na sombra para recuperar o fôlego, além de não deixar de lado o consumo constante de líquido.

Se a opção foi a água de coco o comerciante Edilson Vieira, 46, comemorou as vendas neste domingo de 600 unidades. Afinal, a diversão também pode ser acompanhada de algo gelado e saudável.

Prefeitura e TJ prorrogam renegociação de dívidas ajuizadas até 3ª
O programa de refinanciamento de dívidas da Prefeitura de Campo Grande foi prorrogado até o dia 19 de dezembro, a próxima terça-feira, no Centro de C...
Homem tem corpo queimado em acidente doméstico e morre na Santa Casa
Após dois dias internado, José Loureiro da Cruz, 49 anos, morreu por volta das 6h30 desta sexta-feira (15) na Santa Casa em decorrência de acidente d...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions