A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

29/12/2010 09:10

Parques lineares modificam paisagem e proporcionam lazer nos bairros da Capital

Ricardo Campos Jr.

Áreas permite acesso da população a serviços e outros bairros próximos.

 Parques lineares modificam paisagem e proporcionam lazer nos bairros da Capital

Abertura de parques lineares transforma a região em que está localizado. Áreas onde predominava vegetação em setores por vezes abandonados na Capital tornam-se opção de lazer, proporciona bem estar e ainda permite acesso da população a serviços e outros bairros próximos.

Durante a caminhada vespertina pelo parque do Cabaça, que vai da avenida Spipe Calarge até a Via Morena, o funcionário Público Aire Alves Machado, 57 anos, lembra que antes da avenida, recentemente aberta, havia apenas a mata e o córrego. De um lado ficavam o posto de saúde e uma escola. Quem morava do outro não tinha muitas opções para chegar.

“Ou era pela Rui Barbosa ou era pela Spipe Calarge. O bairro tornou-se mais acessível”, conta o Aire.

Ele diz observar também, que a população tem utilizado bastante a pista de caminhada, exercício que antes tinha que ser feito em outros bairros. Agora, moradores de regiões vizinhas que vão ao local em busca de bem estar. Sempre no fim da tarde. “As pessoas deixam de fazer caminhadas nas praças e vem ao parque. É lotado”, relata o funcionário público.

Aires comemora acesso que obra do Cabaça proporcionou na região e cobra segurança e sinalização. (Foto: João Garrigó)Aires comemora acesso que obra do Cabaça proporcionou na região e cobra segurança e sinalização. (Foto: João Garrigó)

Parque linear do Sóter - Localizado ao longo da Via Park, o local fica em uma região valorizada da Capital. O estudante Lucas Mourão, 24 anos, lembra que a situação no local, antes da obra, havia mata e córrego. “Quando ia fazer algum tipo de atividade tinha que deslocar”, lembra.

O parque foi criado em 2003, um dos mais antigos da Cidade. Mourão não encontra defeitos no local. “Tem iluminação na via inteira. Frequento diariamente e acho bem tranquilo, só basta os motoristas diminuírem a velocidade”, diz.

Abrangência - De acordo com a prefeitura de Campo Grande, Campo Grande conta hoje com 5 parques lineares. Destes, 3 já estão prontos: Anhanduizinho, que foi o primeiro da cidade, Sóter, criado em 2003 e Cabaça, inaugurado este ano.

O Parque Linear do Segredo, de acordo com a prefeitura, fica pronto até o final do primeiro semestre de 2011.

Está previsto também para o ano que vem a finalização do Parque Lagoa e Complexo Imbirussú-Serradinho.

Parque do Segredo - O parque linear localizado no prolongamento da avenida Ernesto Geisel, começa próximo à avenida Mascarenhas de Moraes.

Apesar de ainda inacabado, os moradores das regiões localizadas no entorno da avenida recentemente aberta já usam a pista de caminhada e comemoram a novidade no bairro. A recreadora Ana Mara da Cruz Gomes, 24 anos, e a professora Eda Regina de Albuquerque, 35, sempre fazem caminhada no final da tarde pelo parque.

“É uma ideia que saiu do papel. Há muito tempo que se fala do parque. Houve a integração de vários bairros por meio dessa rua”, diz a professora.

“Tem gente de bairros distantes que também estão freqüentando”, conta Ana Mara.

As freqüentadoras dizem saber que o parque não ficou pronto efetivamente. Apontam, atualmente, a iluminação como principal deficiência da via. “Devia acelerar. De noite só os carros mesmo”, diz Ana Mara.

Na opinião de Ana Mara e Eda, a segurança também não pode ser deixada de lado. “Deveria ter pelo menos um para dar mais tranqüilidade para o pessoal da comunidade”, dizem.

Ana Mara e Leda dizem que obra do Segredo foi ideia que saiu do papel, ainda que não tenha sido inaugurado. (Foto: João Garrigó)Ana Mara e Leda dizem que obra do Segredo foi ideia que saiu do papel, ainda que não tenha sido inaugurado. (Foto: João Garrigó)

O que falta - Na opinião do freqüentador assíduo do Parque Linear do Cabaça ainda falta segurança. Muitas pessoas, segundo Aires, têm receio de freqüentar o local em certos horários. Ele relata que ainda não foi observada ação de vândalos, mas é importante prevenir.

“Os vândalos estão em todo lugar. Isso (segurança), é importante para evitar esses marginais que fazem depredação de um bem público”, diz.

Sinalização também é uma deficiência no local, principalmente para os pedestres. “A avenida tornou-se muito perigosa. Tem muita criança que passa por aqui por causa da escola”, reclama o funcionário público.

De família de escritores, médico lança amanhã livro com poemas
O renomado psiquiatra Marcos Estevão lança nesta quinta-feira (14) em Campo Grande o livro de poesias "Pedaços de Mim", que é um compilado de poemas....
Renegociação de dívidas com a Águas Guariroba segue sendo realizada
Vai até o dia 29 deste mês a campanha "Fique em Dia", realizada pela Águas Guariroba para renegociar as dívidas que os consumidores têm com a empresa...
Com inspiração japonesa, luzes vão iluminar compras no Centro
Iluminação especial passa a ser adotada, nesta quarta-feira (13), na região central de Campo Grande. Dezesseis estruturas de alumínio, com lâmpadas d...


Não resta dúvida acerca da importância 'dos parques lineares'. Lamento apenas a incapacidade de nossos gestores de 'pensar grande' com relação à nossa cidade. A ampliação da avenida Ernesto Geisel (parque do Segredo) é vergonhosa. A avenida ficou estreita. As faixas de rolamento são estreitas demais (apertadas), assim como as da avenida Afonso Pena (não cabe carro grande, a ex. de ônibus). Além disso, desde agosto de 2010 que a pista é utilizada e até hoje não há Iluminação. A pista, estreita, ainda é utilizada por motoristas inescrupolosos que cometem ali todo tipo de infração, com a certeza absoluta de impunidade. As pessoas que fazem a tradicional caminhada ficam expostas a todo tipo de perigo. É terra de ninguém.
 
Juvenal Coelho em 30/12/2010 07:59:46
tem que colocar uma cerca de protecao,
 
LUIZ CARLOS em 29/12/2010 12:30:21
Na verdade não tenho um comentário, mas apenas uma pergunta. Resido no Ipiranga e trabalho no centro. Recentemente a prefeitura inaugurou mais um trecho da via morena que seria uma ótima opção para eu e outros moradores da nossa região acessar o centro da cidade por vias mais rápidas e menos congestionadas. No entanto neste trecho da via morena recém liberado entre a av costa e silva e rua spipe calarge, tem dois problemas graves: o primeiro é que a via morena ficou interrompida num dos sentidos pela av costa e silva, obrigando os usuários à fazerem um enorme contorno na frente do atacadão para continuar na mesma via; o segundo é que mais à frente, no cruzamento com a av rui barbosa(muito perigoso), ainda não ligaram o semáforo(será que estão esperando morrer algumas pessoas primeiro?).
 
Paulo Márcio Vieira da Silva em 29/12/2010 10:25:00
Apesar dos "problemas" que temos na Capital só quando viajamos fora do estado a passeio é que sentimos saudades de Campo Grande! Estou hoje no Mato Grosso. Fiquei uns dias na CAPITAL (Cuiabá), cidade está mal cuidada, transito infernal...Só a noite que a cidade oferece atrações nos "bons" bares... Durante o dia só dá pra ir nos shopings (por conta do ar condicionado!) ou ficar em casa por que o calor é 40 graus! Agora, estou em Cáceres MT, (minha cidade natal). Está suja, mato pra todo lado, a cidade está mal tratada. Cáceres é uma cidade universitária, turística está mal administrada! Tô até escrevendo um artigo pra registrar minha indignação! Olha, que nas festas natalinas e final de ano a cidade fica cheia de pessoas de outros cantos do Brasil. Campo Grande sem dúvida, é uma cidade linda, vai ser a capital da qualidade de vida com os Parques lineares.
Escolhi Campo Grande prá viver e tenho orgulho dessa morena! PARABÉNS ao JORNALISTA RICARDO CAMPOS JR. pela matéria num final de mês quando poucas coisa acontece na cidade e a pauta fica fria. Achar assunto nas coisas boas que a cidade oferece é melhor do que noticiar FACADAS, tiros e mortes...
Tô ligado na Campo Grande News todos os dias mesmo de longe! Maravilha! Feliz ano novo aí pra todos da Redação!
 
Prof. Jânio Batista de Macedo em 29/12/2010 10:15:51
No caso do Sóter, modificou mesmo: e a cratera que só aumenta? Já foi resolvido o problema da erosão? Por que não uma matéria para contrapor esta? Porque não, Campo Grande News?
 
Daniel Francelino em 29/12/2010 09:39:23
Os Parques lineares são obras que além de beneficiar o escoamento do trânsito beneficiam o lazer da população. Moro no Jardim Itatiaia, temos uma Lagoa onde podemos caminhar em volta, mas fica aqui um apelo ao Sr. Prefeito, cadê o asfalto, só temos duas ruas asfaltadas de acesso à Lagoa, enquanto em suas adjacências só barro quando chove e muita poeira na seca. Pagamos nosso imposto em dia, dê uma olhadinha pra região também.
 
Robeson Oliveira em 29/12/2010 05:31:39
Ficou ótimo o acesso, somente fico indignado de ver o motivo pela qual não completaram a benfeitória em questão de eluminação, depredação do imóvel no Corrego Cabaça e a vegetação que a cada dia está aumentando por motivo das chuvas.Precisamos tomar cuidado com a Dengue.....
Penso eu que poderia fazer uma praça e asfaltar a rua lateral. Falta tão pouco para que isso aconteça. Vamos fazer mais bela a nossa Campo Grande.
A Comunidade da Vila Carlota e região ficaria agradecido se isso acontecesse.
 
RITA DE CASSIA SILVA em 29/12/2010 04:43:45
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions