A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

08/04/2016 08:43

Pesquisa aponta que 17,5% da população consome doce em excesso

Aline dos Santos

Pesquisa do Ministério da Saúde aponta que 17,5% da população de Campo Grande consome doce em excesso e a cidade ocupa o terceiro lugar no ranking de diabetes entre as capitais. Conforme dados da Vigitel 2015 (Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico), 17,5% dos adultos mantêm alimentação rica em açúcar e 19,4% costumam ter na mesa os refrigerantes em Campo Grande.

O diabetes é mais frequente nas mulheres (7,8%) do que nos homens (6,9%) e se torna mais comum com o avanço da idade. Entre as cidades, o Rio de Janeiro apresentou o maior índice (8,8%), seguido de Porto Alegre (8,7%) e Campo Grande (7,9%).

O estudo monitora fatores de risco para doenças crônicas, atualmente responsáveis por 72% dos óbitos no país. Foram entrevistados por telefone 54 mil adultos (18 anos ou mais) que vivem nas capitais brasileiras.

No Brasil - Apesar do avanço do diabetes no país, o número de internações devido a complicações da doença reduziu 11,5% nos últimos cinco anos. Em 2015, foram 67,1 internações por 100 mil habitantes contra 75,9 por 100 habitantes em 2010.

Ano passado, foram registradas 137,4 mil internações por agravos da doença no SUS (Sistema Único de Saúde), a um custo de R$ 92 milhões. A doença atinge atualmente 7,4% da população adulta, acima dos 5,5% registrados em 2006.

Guarda oferece palestra sobre prevenção e combate às drogas em Uneis
Jovens da Unei (Unidades Educacional de Internação) Dom Bosco e da Unidade de Internação Feminina Estrela do Amanhã, em Campo Grande, receberam pales...
Cadastramento biométrico é oferecido pela Carreta da Justiça em Anhanduí
Desde o início desta semana a Carreta da Justiça está realizando atendimentos da biometria no distrito de Anhanduí, no município de Campo Grande, gra...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions