A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

05/03/2016 09:49

Petistas culpam mídia e repudiam ação do Judiciário contra ex-presidente Lula

Waldemar Gonçalves e Fernanda Yafusso
Zeca e Biffi, ao centro, em protesto defendendo Lula, na manhã deste sábado, em Campo Grande (Foto: Antonio Marques)Zeca e Biffi, ao centro, em protesto defendendo Lula, na manhã deste sábado, em Campo Grande (Foto: Antonio Marques)

Várias lideranças petistas participam de protesto em favor do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na manhã deste sábado (5), no Centro de Campo Grande. Os discursos são de repúdio contra o fato de o líder do partido ter sido obrigado, na sexta-feira (4), a depor à Polícia Federal.

“Estamos aqui para manifestar nosso repúdio ao Judiciário pela ação contra o Lula. Ele nunca se negou a esclarecer os fatos, isso foi uma forma de provocar a militância. Eles querem nos desestabilizar”, falou o deputado federal Zeca do PT.

Na mesma linha foi o presidente regional da legenda, ex-deputado federal Antônio Carlos Biffi. "Há um golpe em andamento. Não estão respeitando as urnas", falou.

Outro que discursou foi o vereador Marcos Alex. “Não vamos aceitar a manipulação que a mídia está fazendo. Querem desestabilizar a democracia, enfraquecer nossa economia. Isto é uma agressão, um atentado”, falou o parlamentar petista.

Lula prestou depoimento por cerca de 3 horas, ontem, dentro das investigações da Operação Lava Jato, por haver, segundo as autoridades envolvidas no caso, indícios de envolvimento dele em esquema de corrupção e desvio de dinheiro público. O ex-presidente discursou à militância, depois, negando as suspeitas e, entre outras coisas, apontando conotação política na ação.

A manifestação reúne em torno de 70 pessoas no cruzamento da Avenida Afonso Pena com a Rua 14 de Julho. Um ato do Movimento Reaja Brasil, contra a corrupção, previsto para o mesmo cruzamento, foi deslocado para outro local para evitar um choque entre linhas políticas opostas.

O Reaja Brasil faz, no cruzamento da Avenida Mato Grosso com a Rua Bahia, adesivagem de veículos convocando para protesto no dia 13 de março, este contra o governo do PT.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions