ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SEGUNDA  03    CAMPO GRANDE 21º

Capital

Pietá, cachorra-policial do Choque, acha maconha em mala de jovem que ia para SP

Foram apreendidos 24.400 kg de maconha que estavam distribuídos em 25 tabletes e cinco sacos

Por Clayton Neves | 14/07/2020 11:02
Cachorra Pietá ao lado de tabletes de maocnha encontrados após vistoria feita por ela em bagageiro de ônibus. (Foto: Choque)
Cachorra Pietá ao lado de tabletes de maocnha encontrados após vistoria feita por ela em bagageiro de ônibus. (Foto: Choque)

Traficante de 18 anos foi presa na noite desta segunda-feira (13), em Campo Grande, depois de ser flagrada com mala recheada de maconha na rodoviária. O flagrante foi possível depois de Pietá, cachorra-policial do Batalhão de Choque, indicar a presença da droga na mala da suspeita.

De acordo com informações do Batalhão do Choque da Polícia Militar, por volta das 20 horas militares deram início a abordagens no local. Ao vistoriar bagageiro de ônibus que saia de Campo Grande com destino a Goiânia, Pietá  apontou presença de droga.

Ao todo foram apreendidos 24.400 kg de maconha que estavam distribuídos em 25 tabletes e cinco sacos. Em imagens feitas pelos policiais é possível ver o momento em que a cachorra-policial indica a mala suspeita.

A suspeita confessou que havia sido contratada para o transporte da droga e que um desconhecido tinha deixado a carga próximo a um motel onde ela ficou hospedada por cinco dias.

Ela foi levada para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Cepol, onde o caso foi registrado como tráfico de drogas.