A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

06/08/2014 09:23

Pintores que assaltaram comércio foram presos duas horas após crime

Aliny Mary Dias e Francisco Júnior
Os dois foram presos e irão responder pelo assalto na Vila Olinda (Foto: Pedro Peralta)Os dois foram presos e irão responder pelo assalto na Vila Olinda (Foto: Pedro Peralta)

A Polícia Civil apresentou nesta quarta-feira (6) dois homens que assaltaram uma casa de carne na última sexta-feira, na Vila Olinda, e foram presos duas horas após o crime. No dia do crime, os dois homens que trabalham como pintores invadiram o local com uma revólver e levaram R$ 150.

Segundo o delegado Fabiano Nagata da Derf (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos), Wesley Henrique dos Santos, 26, e Anderson Luiz Paglioccki, 22, foram de moto até a casa de carnes e anunciaram o assalto.

Com um revólver calibre 32, os homens obrigaram o dono a entregar o valor do caixa, na ocasião havia R$ 150 no estabelecimento. Os homens fugiram em uma moto e duas horas após o crime policiais da Derf encontraram os assaltantes.

Wesley foi o primeiro a ser preso. Ele estava na casa dele, no Jardim Bálsamo, quando foi surpreendido pelos policiais. O revólver foi encontrado no forro da casa, Wesley confessou o crime e indicou o paradeiro de Anderson, comparsa no assalto.

Anderson, que trabalha como pintor assim como Wesley, foi preso enquanto trabalhava em uma obra no bairro Pioneiro. A moto usada no crime foi emprestada de um amigo da dupla. Os homens que têm passagem por posse de droga, ameaça, roubo, violência doméstica, desobediência e desacato irão responder pelo roubo.

O delegado Fabiano Nagata afirma que os homens podem estar envolvidos em outros roubos a comércio. Nagata ressalta ainda que nunca deve-se reagir a assaltos porque geralmente os bandidos estão em dupla e podem ser violentos.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions