A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

13/04/2016 17:48

PM aguarda calendário de protestos para definir ações no domingo

Amanda Bogo
Policiais acompanhando a manifestação que aconteceu no dia 17 de março na Afonso Pena (Foto: Fernando Antunes)Policiais acompanhando a manifestação que aconteceu no dia 17 de março na Afonso Pena (Foto: Fernando Antunes)

A Polícia Militar se reúne na manhã de quinta-feira (14) com lideranças dos movimentos a favor e contra o processo de impeachment da presidente da República, Dilma Rousseff (PT), para definir eventuais ações que serão tomadas com base no calendário de manifestações dos grupos.

Segundo o Comandante de Policiamento Metropolitano da PM, Coronel Waldir Acosta, após a reunião será possível definir o trabalho que será realizado pela PM. “Vamos conversar com as lideranças para saber onde elas pretendem fazer as manifestações e se possuem a autorização da Agetran para realizá-las”.

O grupo Frente Brasil Popular MS organiza uma vigília na praça Ary Coelho a partir das 19 horas de sábado para acompanhar a votação do processo. O movimento Reaja Brasil também planeja ações para o sábado, mas não divulgou outras informações. Segundo a assessoria do grupo, uma reunião está acontecendo no fim da tarde de hoje (13) para definir local e horário.

No domingo (17) o plenário vota o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, que foi aprovado pela comissão especial na Câmara dos Deputados na segunda-feira (11) com 38 votos a favor e 27 contra.

Se o processo de impeachment for aprovado no domingo, a presidente é afastada por 180 dias do cargo, e o vice-presidente Michel Temer (PMDB) assume a presidência. Depois desse período, o senado vota a cassação de Dilma Rousseff. Caso não seja aprovado, o processe é encerrado.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions