A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

30/11/2013 09:13

PM inicia operação especial de fim de ano e espera reduzir crimes em 40%

Aliny Mary Dias e Aline dos Santos
Reforço no policiamento começou hoje, quando trabalhadores recebem a 1ª parcela do 13º (Foto: João Garrigó)Reforço no policiamento começou hoje, quando trabalhadores recebem a 1ª parcela do 13º (Foto: João Garrigó)

Começa neste sábado (30) e vai até o dia 3 de janeiro o policiamento especial de fim de ano no Centro de Campo Grande e em avenidas de bairros que concentram movimento no comércio. O efetivo será de 300 policiais militares e a expectativa é que as ocorrências tenham queda de 40% em relação ao ano passado.

O lançamento do policiamento e da operação Natal Felicidade começou às 8h na Praça do Rádio Clube e contará com a chegada triunfal do Papai Noel em um helicóptero. A ação faz parte de uma iniciativa do Conselho de Segurança do Centro em parceria com a polícia que irá distribuir 8,5 mil brinquedos para crianças carentes.

Sobre o policiamento nas ruas, o comandante da Polícia Militar, coronel Carlos Alberto David dos Santos, afirmou que os militares estarão a pé, de bicicleta, motocicleta, viatura e até cavalos.

“Nós não dispensamos e nem damos férias para os militares, também utilizamos alunos do curso de habilitação de oficiais e do de formação de sargentos. Eles completam o efetivo de 300 homens”, explica.

Secretários de Segurança, Wantuir Jacini, e de Relações Institucionais, Nelson Trad, e o comandante da PM, durante evento na Praça do Rádio (Foto: João Garrigó)Secretários de Segurança, Wantuir Jacini, e de Relações Institucionais, Nelson Trad, e o comandante da PM, durante evento na Praça do Rádio (Foto: João Garrigó)

A corporação espera que a criminalidade nos centros comerciais diminua como no ano passado quando houve registros 40% menor de ocorrências em relação a 2011. Além dos comércios da região da 14 de Julho, avenidas como a Salgado Filho, Júlio de Castilhos, Eduardo Elias Zahran, por exemplo, receberão o policiamento ostensivo.

Segundo o presidente da CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas), Ricardo Kunikari, a parceria com a Polícia Militar é antiga e os resultados são positivos. “É necessário o policiamento porque nesse período tem mais gente circulando nas ruas, principalmente com dinheiro em espécie”, afirma.

Para aumentar ainda mais a eficácia da operação, os comerciantes possuem os contatos de celular dos policiais responsáveis por cada área. Assim a relação entre comércio e polícia é direta, de acordo com Kunikari que ressalta ainda a expectativa é de um aumento de 4% a 5% nas vendas em dezembro.

Papai Noel – O presidente do Conselho de Segurança do Centro, Adelaido Spinosa, afirma que os brinquedos arrecadados esse ano serão entregues para crianças de 12 instituições filantrópicas.

“Nós estamos arrecadando desde o início do ano e temos 8,5 mil brinquedos. Cerca 2,5 mil deles vão entregar hoje aqui na Praça do Rádio”, comenta.

Policiais tiveram as férias suspensas para reforçar policiamento no Centro e nas ruas de comércio no bairros (Foto: João Garrigó)Policiais tiveram as férias suspensas para reforçar policiamento no Centro e nas ruas de comércio no bairros (Foto: João Garrigó)


Engraçado que o Papai Noel chega de helicóptero e até hoje as polícias e nem os bombeiros possuem um para ajudar a salvar vidas!
 
Jorge Pantaneiro em 30/11/2013 18:40:19
Segundo analise da ONU(Organizações das Nações Unidas), o ideal é ter um policial para cada 250 habitantes para se ter uma segurança publica satisfatória, e o governo do estado vem com muito orgulho dizer que vão ser 300 policias no final de ano para atender uma cidade com mais de 800 mil habitantes, ou seja um policial para cada 2.666 habitantes, isso cortando férias e tudo mais, e ainda abrem concurso para contratar em campo grande somente 30 novos policias.
 
Sandro Oliveira em 30/11/2013 15:58:42
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions