ACOMPANHE-NOS    
MAIO, QUINTA  19    CAMPO GRANDE 

Capital

PM inicia operação especial de fim de ano e espera reduzir crimes em 40%

Por Aliny Mary Dias e Aline dos Santos | 30/11/2013 09:13
Reforço no policiamento começou hoje, quando trabalhadores recebem a 1ª parcela do 13º (Foto: João Garrigó)
Reforço no policiamento começou hoje, quando trabalhadores recebem a 1ª parcela do 13º (Foto: João Garrigó)

Começa neste sábado (30) e vai até o dia 3 de janeiro o policiamento especial de fim de ano no Centro de Campo Grande e em avenidas de bairros que concentram movimento no comércio. O efetivo será de 300 policiais militares e a expectativa é que as ocorrências tenham queda de 40% em relação ao ano passado.

O lançamento do policiamento e da operação Natal Felicidade começou às 8h na Praça do Rádio Clube e contará com a chegada triunfal do Papai Noel em um helicóptero. A ação faz parte de uma iniciativa do Conselho de Segurança do Centro em parceria com a polícia que irá distribuir 8,5 mil brinquedos para crianças carentes.

Sobre o policiamento nas ruas, o comandante da Polícia Militar, coronel Carlos Alberto David dos Santos, afirmou que os militares estarão a pé, de bicicleta, motocicleta, viatura e até cavalos.

“Nós não dispensamos e nem damos férias para os militares, também utilizamos alunos do curso de habilitação de oficiais e do de formação de sargentos. Eles completam o efetivo de 300 homens”, explica.

Secretários de Segurança, Wantuir Jacini, e de Relações Institucionais, Nelson Trad, e o comandante da PM, durante evento na Praça do Rádio (Foto: João Garrigó)
Secretários de Segurança, Wantuir Jacini, e de Relações Institucionais, Nelson Trad, e o comandante da PM, durante evento na Praça do Rádio (Foto: João Garrigó)

A corporação espera que a criminalidade nos centros comerciais diminua como no ano passado quando houve registros 40% menor de ocorrências em relação a 2011. Além dos comércios da região da 14 de Julho, avenidas como a Salgado Filho, Júlio de Castilhos, Eduardo Elias Zahran, por exemplo, receberão o policiamento ostensivo.

Segundo o presidente da CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas), Ricardo Kunikari, a parceria com a Polícia Militar é antiga e os resultados são positivos. “É necessário o policiamento porque nesse período tem mais gente circulando nas ruas, principalmente com dinheiro em espécie”, afirma.

Para aumentar ainda mais a eficácia da operação, os comerciantes possuem os contatos de celular dos policiais responsáveis por cada área. Assim a relação entre comércio e polícia é direta, de acordo com Kunikari que ressalta ainda a expectativa é de um aumento de 4% a 5% nas vendas em dezembro.

Papai Noel – O presidente do Conselho de Segurança do Centro, Adelaido Spinosa, afirma que os brinquedos arrecadados esse ano serão entregues para crianças de 12 instituições filantrópicas.

“Nós estamos arrecadando desde o início do ano e temos 8,5 mil brinquedos. Cerca 2,5 mil deles vão entregar hoje aqui na Praça do Rádio”, comenta.

Policiais tiveram as férias suspensas para reforçar policiamento no Centro e nas ruas de comércio no bairros (Foto: João Garrigó)
Policiais tiveram as férias suspensas para reforçar policiamento no Centro e nas ruas de comércio no bairros (Foto: João Garrigó)
Nos siga no Google Notícias